Conversa de Sofá

Por Kaio Augusto em 03/02/2017

Análise Kingdom Hearts HD 2.8 Final Chapter Prologue

Reunindo Dream Drop Distance, lançado para 3DS, além de um capítulo adicional de Birth by Sleep, Kingdom Hearts HD 2.8: Final Chapter Prologue é para aqueles que conhecem este universo e querem reviver essa ventura agora em gráficos atualizados para a nova geração.

Quando no início dos anos 2000, um momento onde verificar uma fonte não era tão fácil, os boatos de que a Square Enix estava trabalhando em um projeto com a Disney fez muitos fãs torcerem o nariz. A mistura entre personagens infantis com os heróis de JRPG mais sérios parecia uma maluquice, que no fim conquistou uma legião de fãs.

Foram anos até o anúncio de Kingdom Hearts III, que teve um primeiro vídeo mostrado na E3 2015, e para suprir a necessidade dos fãs de novos materiais foi lançado Kingdom Hearts HD 2.8: The Final Chapter Prologue. Alguns devem estar se perguntando o porquê do título gigante, então vamos a explicação antes da review.

O game possui a versão remaster de Kingdom Hearts: Dream Drop Distance, lançado para 3DS, além de um capítulo adicional de Kingdom Hearts: Birth by Sleep e um vídeo mostrando os acontecimentos de Kingdom Hearts X, esses dois últimos que provavelmente terão conexões com a terceira entrada da série.

Agora vamos falar um pouco sobre o jogo em si. É preciso falar isso logo de cara, o que já deve ter ficado perceptível, Kingdom Hearts HD 2.8: Final Chapter Prologue é um jogo destinado para fãs da série, que já tem um conhecimento de sua trama complicada. Para os novatos é aconselhável esperar pelas versões HD do primeiro e segundo Kingdom Hearts que estão a caminho do PS4.

Espíritos camaradas

Como citado anteriormente, um dos três materiais do título é a versão de Kingdom Hearts: Dream Drop Distance, lançado em 2012. O jogo portátil traz, além das mecânicas de Action RPG já conhecidas, um sistema de batalhas que envolve capturar Spirits, versões boas dos inimigos, que ajudam no combate. Essas criaturinhas podem ser utilizadas com itens e magias, criando uma série de ataques diferentes para cada situação, além de poderem se conectar com Sora para realizar golpes únicos.

Kingdom Hearts: Dream Drop Distance é divertido em sua jogabilidade, mas sofre dos mesmos problemas de sua série. Em geral, os spin-offs tendem a ter uma história um pouco forçada, exigindo muita atenção para entender onde aquela aventura se encaixa na cronologia principal. Outra questão é sua câmera, que dificilmente acompanha o personagem, o que faz em muitos momentos que o jogador se veja dando uma série de ataques no ar. Apesar desse problema, o combate continua divertido, com lutas com chefes empolgantes, principalmente quando são vilões conhecidos dos mundos da Disney.

A memória dos que se foram

Outro jogo dentro desta compilação é Kingdom Hearts 0.2: Birth by Sleep – A Fragmentary Passage. O game é um capítulo novo na história de Birth By Sleep, que se passa imediatamente após os acontecimentos de Dream Drop Distance, e traz Aqua como personagem principal. A grande novidade aqui é o fato de Fragmentary Passage utilizar a engine de Kingdom Hearts III, deixando um gostinho do que é possível esperar no futuro da série. Além disso, o jogo também implementa uma série de novas mecânicas como a habilidade de Focus, onde o personagem pode mirar em seu inimigo e disparar uma saraivada de magias concentradas, sendo ideal para utilizar em chefes que precisam levar grandes cargas de dano.

Os gráficos de Fragmentary Passage são de encher os olhos, com set pieces deslumbrantes e isso torna ainda melhor a movimentação pelo cenário, pois há trechos onde o jogo se aproveita muito bem da nova capacidade gráfica. A grande questão é que esse título é totalmente direcionado para fãs. Há sequências inteiras onde Aqua tem flashbacks curtos, que precisam ser entendidos apenas ao bater os olhos. Este fato é algo que deveria ser avisado às pessoas que acham que essa pode ser uma boa porta de entrada para Kingdom Hearts.

Acelerando o trem do Hype

Kingdom Hearts HD 2.8: Final Chapter Prologue é um ótimo produto para manter nas cabeça dos fãs que um novo Kingdom Hearts está se aproximando, e também para lembra-los de muito do que aconteceu na história. O game até ressuscita a consagrada canção Simple & Clean, que faz com que os mais aficionadas derrubem algumas lágrimas.

Um último adendo, o terceiro material é um cinematic movie de uma hora de duração e conta a história de Kingdom Hearts X, um jogo de browser lançado apenas no Japão. A história do filme se passa antes de tudo, e como dito antes, é preciso estar por dentro da trama para que haja um bom entendimento de Kingdom Hearts X Back Cover. Em geral, Kingdom Hearts HD 2.8: Final Chapter Prologue é para aqueles que conhecem este universo, caso contrário é melhor esperar a versão de PS4 do remaster dos primeiros jogos, ou jogá-los no PS3 mesmo.

Kingdom Hearts HD 2.8: Final Chapter Prologue foi lançado até o momento apenas no PlayStation 4. Análise feita a partir de uma cópia da versão PS4 cedida pela assessoria de imprensa da Square Enix.

DEIXE UM COMENTÁRIO
ÚLTIMAS ANÁLISES
  • Análise Playerunknown’s Battlegrounds (PlayStation 4)

    O jogo que popularizou o gênero Battle Royale finalmente foi lançado no console da Sony para a alegria dos jogadores da plataforma PlayStation (e da Bluehole, que agora atinge a maior base instalada dessa geração). A criança prodígio do Brendan Greene chegou a tempo ou tarde demais?

  • Análise Crashlands (Nintendo Switch)

    Originalmente lançado para celulares e posteriormente para PC, a versão de Switch desse RPG de ação em tempo real foi desenvolvida para ser controlado em telas de toque e com controle convencional. O que é perfeito para o console híbrido da Nintendo.

  • Análise H1Z1 (PlayStation 4)

    Na recente tendência dos jogos Battle Royale, H1Z1 estreia no Playstation 4 com a pretensão ambiciosa de bater de frente com Fortnite, o gigantesco sucesso da Epic Games.

  • Análise Bloodstained: Curse of The Moon

    Inti Creates teve a tarefa de entregar a prévia do Bloodstained Ritual of The Night e criou um perfeito sucessor do Castlevania original de 1986.

  • SOBRE
    O Conversa de Sofá é um site com notícias, dicas e tutoriais sobre jogos, análises e novidades sobre os últimos lançamentos e cobertura de eventos.
    Asantee Games
    Ethanon Engine
    REDES SOCIAIS