Análise Pikuniku (Nintendo Switch)

Pikuniku, um jogo de plataforma e quebra cabeças simples e carismático pode ser um ótimo passatempo além de ótimo para introduzir crianças no mundo dos jogos eletrônicos.

A Devolver Digital é responsável por colocar no mercado jogos que de outra forma talvez não vissem a luz do sol. Títulos como Enter The Gungeon e The Messenger são jóias preciosas da editora que agora publica Pikuniku, um joguinho simples de plataforma em que controlamos um personagem arredondado (parece uma jujuba vermelha) com pernas e olhos, cujo objetivo é fazer amigos e salvar um vilarejo.

Após anos de hibernação, nosso protagonista, Piku é despertado por uma entidade que diz que ele já dormiu demais e que é hora de tomar ar fresco. Ao sair da caverna encontramos a um vilarejo, crianças e um robô gigante levando embora a plantação de milho do lugar. Esse robô é um dos “empregados” do Mr. Sunshine, magnata que prometeu dinheiro grátis aos habitantes enquanto recolhe o lixo do lugar. Por lixo, leia-se plantações, madeira, água e demais recursos.

Piku precisa impedir o plano de Mr. Sunshine.

The Four Horsemen

Os habitantes da vila que a princípio tinham medo do nosso amigo Piku, não demoram pra começar a pedir alguns favores que se resumem a encontrar algum objeto ou destruir um robô dezenas de vezes maior do que eles. São nessas interações com os NPCs que recebemos as missões que darão propósito à caminhada, que pode ser um pouco difícil já que esse parece ser um jogo com bastante foco na física das interações com os objetos do cenário. A caminhada é lenta e os pulos um pouco demorados então é preciso usar bastante o botão A que transforma nossos boneco em uma pequena jujuba que roda pelas fases em maior velocidade. Pra ajudar na progressão, o cenário tem alguns recursos como ganchos e tirolesas. Até que encontramos alguns amigos.

O jogo assume um visual de pixel art muito bonito em algumas telas.

Juntamente com Piku, os personagens principais da história são 3 amigos que decidem virar as costas para as ofertas de dinheiro grátis do Senhor Raio-de-Sol e elaboram planos para derrotar suas máquinas. Pikuniku é um jogo muito bem humorado e apresenta personagens bem criativos como uma minhoca radioativa ou um robô com questões sobre condições adequadas de trabalho. As interações entre os personagens são sempre muito engraçadas, no ponto certo para divertir crianças e sem muitas gírias estranhas como aconteceu com o texto de Crashlands que sequer estava traduzido. Pikuniku está todo localizado em Português do Brasil.

With a Little Help From My Friends

Além do modo aventura em que temos a missão de salvar o vilarejo, o jogo possui um modo divertidíssimo com 9 fases para serem jogadas em coop. A interação entre os dois bonecos, aqui sim, Piku e Niku, é ótima principalmente pelo modo engraçado como eles se movimentam e saem por aí chutando pelas fases que são repletas de quebra-cabeças.

Jujubas (com pernas) em cooperação.

Seja como diversão despretensiosa ou para introduzir uma pequena pessoa ao mundo dos jogos, Pikuniku é um jogo bastante carismático que promete uma campanha simples com momentos engraçados e fases coop com desafios instigantes. Vale a pena conferir.

Os personagens coadjuvantes são muito divertidos.
Let's rock and ride!