Conversa de Sofá

Por Flávio Ricardo em 14/03/2016

Análise Plants vs Zombies Garden Warfare 2

A batalha entre plantas e zumbis pelo controle de Suburbia está longe de terminar, confira nossa análise e todas as novidades de Plants vs Zombies Garden Warfare 2, a sequência desse divertido jogo da PopCap.

Lançado em fevereiro deste ano, Plants vs Zombies Garden Warfare 2 é mais um título dessa franquia que nasceu de forma ingênua como um jogo de tower defense e hoje ocupa o posto de AAA ao lado de grandes franquias.

Desenvolvido pela PopCap e publicado pela EA, Garden Warfare 2 trás muitas novidades ao já conhecido confronto entre zumbis e plantas para ver quem fica com o controle de Suburbia.

Comandados pelo Dr. Zumbão, os zumbis tomaram conta do lugar e cabe a nós como plantas obedecer as ordens do Dave-bot 3000.1, uma versão robótica de Crazy Dave, e recuperar o controle.

Essa que é motivação e o que alavanca uma das grandes novidades do jogo. Conforme avançamos nas missões designadas pelo robô Dave, vamos ganhando pontos e aumentando o controle das plantas sobre o Gramado de Batalha, uma área de livre acesso tanto para plantas como para zumbis, onde ambos podem transitar e é claro, se confrontar.

O Gramado de Batalha funciona como um lobby onde além de passear pelas áreas livres, podemos verificar o correio com novidades sobre o jogo, verificar o quadro de desafios diários, comprar figurinhas e selecionar para qual modo de jogos queremos ir. É como se fosse um menu turbinado e muito bem construído.

Se cansou de uma partida multiplayer ou de fazer as missões do Dave-bot? Retorne ao Gramado de Batalha e veja quanto tempo você sobrevive combatendo as mais variadas classes de zumbi, incluindo os chefes e zumbis especiais que aparecem por ali.

A divisão da área do Gramado de Batalha

A divisão da área do Gramado de Batalha

Apesar da competitividade instigante dos antigos e novos modos multiplayer, confesso que passo bastante tempo ali, é divertido testar as diferentes classes de plantas, suas habilidades, lutar contra os zumbis, atravessar as fronteiras do inimigo propositalmente só para ver o alarme tocar, além de apreciar as curiosidades e segredos espalhados pelo Gramado.

Se cansou do lado das plantas? Passe para o lado dos zumbis! Sim, é possível realizar missões também do lado dos zumbis no Gramado de Batalha, afinal a missão principal de Plants vs Zombies Garden Warfare 2 é a diversão a todo custo. Confesso que existem algumas novas classes de zumbis bem legais, mas você estaria disposto a lutar do lado do “mal”?

Plants vs Zombies Garden Warfare 2 suporta grupos de até quatro jogadores nesse lobby, tanto para “ficar de bobeira” ali como para completar as missões do Dave-bot. Formar um grupo ali é uma excelente forma também de entrar em partidas multiplayer no mesmo time de seus amigos.

Caso você entre na sessão de um amigo direto dos menus ou da sua lista de amigos, pode ser que você caia no time inimigo. Fiz alguns testes nesse sentido e realmente o sistema de matchmaking ainda precisa de algumas melhorias.

Também pelo Gramado já podemos notar o quão grande se tornou o jogo, tanto em conteúdo quanto em área. Os mapas e cenários agora são bem maiores e repletos de detalhes, construções e até mesmo dispositivos que nos transportam para outras áreas de um mesmo mapa.

Aproveitando que estamos falando do tamanho dos mapas, vale citar que apesar dos esforços da PopCap em deixar Plants vs Zombies Garden Warfare 2 ainda maior, mapas muito grandes podem ser um tiro no pé em alguns casos.

Mapa Areias Arenosas

Mapa Areias Arenosas

Joguei diversas partidas onde os times não estavam completos de ambos os lados e por isso, explorar grandes áreas sem nenhuma ação acontecendo não era lá muito divertido, ainda mais considerando que determinadas classes de zumbis e plantas se movimentam de forma bem lenta.

A justificativa para mapas maiores em Plants vs Zombies Garden Warfare 2 é que agora a maioria dos modos de jogo suportam até 24 jogadores, o que na teoria deixa a experiência muito mais frenética e divertida. A questão é dar sorte de entrar numa dessas partidas com o número de jogadores completos, o que nem sempre acontece.

Ao total são 12 mapas disponíveis até o momento. Eles se dividem entre os mais diversos modos de jogo como Operação Jardim que pode ser jogado sozinho, online ou ainda local através de split-screen. Existem também os já conhecidos modos Capacho, Derrubadas em Equipe, Gnomba, Derrubada Confirmada e Dominação Territorial.

A maioria deles funciona de maneira simples, sendo Capacho, Derrubadas em Equipe e Derrubada Confirmada focados apenas em eliminar a maior quantidade de jogadores inimigos primeiro.

Já o Gnomba é como um modo de desarme de bomba, mas no caso o que deve ser desarmado é um gnomo de jardim. No Dominação Territorial as plantas e os zumbis competem para ver quem detém o domínio de maior parte dos pontos de um mapa expansível.

Como agora quem detém a maior parte do território é os zumbis, nada mais justo que um modo de jogo onde as plantas vão ao ataque. O modo Assalto Herbal funciona como o modo Jardins e Cemitérios, mas dessa vez são as plantas que partem pra cima e os zumbis tentam defender. Esse é um dos modos com suporte para 24 jogadores.

Plantas ao ataque!

Plantas ao ataque!

A mecânica de Plants vs Zombies Garden Warfare 2 não teve nenhuma mudança drástica comparado ao primeiro jogo, o que deixou a maioria dos modos iguais ou com diferenças leves em questão de desafios ou número de pontos para vencer.

Como eu comentei lá no começo, Plants vs Zombies Garden Warfare 2 vem com a ideia de ser um jogo com muito mais conteúdo que seu antecessor, não bastando os novos mapas e modos, o jogo conta agora com mais de 100 personagens diferentes.

É claro, muitos são variações de uma determinada classe de planta ou zumbi, mas ainda assim cada um com suas próprias características e variedades de ataques diferenciados, tornando a experiência de jogar com cada um única.

Alguns dos destaques ficam com o Coronel Milho, que segundo relatos esteve lutando contra outras ameaças no primeiro jogo mas agora retorna para combater os zumbis.

A Rosa é outra poderosa aliada do lado das plantas, essa feiticeira teve uma visão onde o mundo seria controlado pelos zumbis e voltou no tempo para impedir que isso aconteça.

Os zumbis não ficam nenhum pouco atrás em poder de jogo em Plants vs Zombies Garden Warfare 2, o Capitão Barbamorta e seu papagaio de estimação vão dar muito trabalho com suas potentes e explosivas armas.

Não tanto quanto Zumbinho e Robô-z essa dupla poderosa que quando em sua forma final libera um grande poder de destruição além de ser extremamente resistente em combate.

Rosa, Coronel Milho e Capitão Barbamorta, alguns dos novos personagens de Plants vs Zombies Garden Warfare 2

Rosa, Coronel Milho e Capitão Barbamorta, alguns dos novos personagens de Plants vs Zombies Garden Warfare 2

Ao total são quatorze classes de personagens, sendo seis novas classes do passado, presente e futuro. É muito legal ver como o jogo recebeu um cuidado adicional ao adicionar uma história para cada personagem. Mais informações sobre os personagens e suas habilidades você encontra no site do jogo.

Por último e não menos importante preciso falar dos gráficos. Na verdade não há muito o que se dizer, assim como a versão do primeiro Plants vs Zombies Garden Warfare para a nova geração e PC, sua sequência mantém no mesmo nível de forma geral porém com ainda mais capricho quando falamos de detalhes nas roupas, armas e acessórios de cada personagem.

É possível perceber texturas, marcas nos uniformes, além das partículas e efeitos de iluminação. O cenário segue a mesma linha mas é claro em maior escala, alguns deles agora possuem água e nela da pra perceber como o jogo está bonito.

Não era de se esperar menos de uma série que só cresce e acumula cada vez mais fãs, Plants vs Zombies Garden Warfare 2 é com certeza é aquela DLC do primeiro jogo que a gente já esperava mas não contava que viesse com tanta coisa nova.

Apesar do preço um pouco salgado nos consoles, Plants vs Zombies Garden Warfare 2 é com certeza é um jogo que vale o seu dinheiro pois vai lhe proporcionar muitas horas de diversão seja sozinho ou com amigos, se você jogar no PC o valor é mais convidativo.

Plants vs Zombies Garden Warfare 2 foi lançado no PC, PlayStation 4 e Xbox One. Análise feita a partir de uma cópia da versão PS4 cedida pela Warner Brasil.

É um sul-mato-grossense de 20 e poucos anos, que começou no mundo dos games jogando Master System e Mega Drive, quando então conheceu o melhor console já criado neste mundo: o Super Nintendo. Já foi dono dos "clássicos" PSOne e PS2 e hoje passa horas disputando partidas online de Gears of War 3 no Xbox 360.
DEIXE UM COMENTÁRIO
ÚLTIMAS ANÁLISES
  • Análise Playerunknown’s Battlegrounds (PlayStation 4)

    O jogo que popularizou o gênero Battle Royale finalmente foi lançado no console da Sony para a alegria dos jogadores da plataforma PlayStation (e da Bluehole, que agora atinge a maior base instalada dessa geração). A criança prodígio do Brendan Greene chegou a tempo ou tarde demais?

  • Análise Crashlands (Nintendo Switch)

    Originalmente lançado para celulares e posteriormente para PC, a versão de Switch desse RPG de ação em tempo real foi desenvolvida para ser controlado em telas de toque e com controle convencional. O que é perfeito para o console híbrido da Nintendo.

  • Análise H1Z1 (PlayStation 4)

    Na recente tendência dos jogos Battle Royale, H1Z1 estreia no Playstation 4 com a pretensão ambiciosa de bater de frente com Fortnite, o gigantesco sucesso da Epic Games.

  • Análise Bloodstained: Curse of The Moon

    Inti Creates teve a tarefa de entregar a prévia do Bloodstained Ritual of The Night e criou um perfeito sucessor do Castlevania original de 1986.

  • SOBRE
    O Conversa de Sofá é um site com notícias, dicas e tutoriais sobre jogos, análises e novidades sobre os últimos lançamentos e cobertura de eventos.
    Asantee Games
    Ethanon Engine
    REDES SOCIAIS