Batendo uma bolinha com as demos de PES 14 e FIFA 14

Confira uma análise das demos de PES 14 e FIFA 14, dois games de peso e concorrentes diretos no genêro futebol, ambos serão lançados até o final desse mês, mas e até agora, o que ambos tem a oferecer à seus fãs?

Tanto a Konami quanto a EA liberaram as demos de PES 14 e FIFA 1 4 respectivamente para serem baixadas pelos fãs de games de futebol na semana passada. Baixei e joguei, ambos os games, várias vezes, contra a CPU e contra outro jogador, com diferentes times. Desde a época do PS2 eu não jogava FIFA, lembro-me do último, FIFA 99 se não me engano, com uma jogabilidade divertida e uma narração em português improvisada, facilmente encontrada em alguns sites dedicados ao game.

Passaram-se os anos, e desde então a cada nova versão de FIFA, me sentia mais fã da série Winning Eleven (sim, dessa época ainda). Quem sabe me cansei do realismo (fraco devido a capacidade limitada dos consoles da época) e passei a me divertir mais com um game de futebol no estilo arcade, onde fazer gols de fora da área era um ato mágico, os jogadores não se esbarravam uns nos outros no meio de uma jogada fenomenal. Sem contar com alguns “extras” como transformar o juiz em cachorro, quem nunca.

A atual geração de games de futebol, parece dividir bem seus fãs, quem gosta de PES mantém um respeitável distância de FIFA e quem gosta de FIFA odeia PES, sem parecer tendencioso, mas é assim. Então vamos ao foco dessa análise e saber como PES 14 e FIFA 14 se saíram em suas demos. Começarei falando de PES 14, uma vez que o joguei primeiro.

PES 14

Os gráficos me decepcionaram. Não poderia começar a falar sobre o clássico da Konami de outra forma. Li diversos posts em outros blogs, assisti a vídeos de gameplay e entrevistas com desenvolvedores apresentados na E3 e Gamescon, mas nada me deixou mais desapontado do que uma promessa não cumprida. Muito vinha-se falando sobre o quanto os jogadores dessa nova versão estavam parecidos a seus modelos da vida real, como a torcida e a ambientação estariam reais, mas na demo nada disso pode ser presenciado. Ainda que exista uma diferença grande entre a versão dos PCs e dos consoles, é fraco o que foi apresentado.

Mas gráfico não é tudo, e claro, algumas coisas realmente melhoraram bastante, antes me deixava muito irritado durante as partidas ver alguns jogadores simplesmente ignorarem a jogada que estava se desenvolvendo ao seu redor, bolas que passavam ao seu lado, lançamentos não “obedecidos” entre outros, o número de falta de realismo chegava a ser absurdo mesmo tratando-se de um arcade. Na nova versão os jogadores estão bem mais “antenados” no que acontece na partida, tentando de diversas formas pegar a bola quando esta passa por eles, em diversas situações usam o corpo de forma dinâmica para de alguma forma participar da jogada. Uma melhora visível na IA.

A variedade de jogadas também aumentou, passes, dribles, lançamentos e até a variedade e estilo com que cada jogador chuta a bola em direção ao gol é bonito de se ver, seria melhor se os gráficos da demo fizessem frente ao prometido, mas ainda acredito na versão final do game. Em geral a demo é a promessa de algo muito bom, mas mas corre o risco de ficar à sombra do seu concorrente direto, FIFA.

FIFA 14

E falando nele, pela primeira vez quase fiz o pre-order de um game de futebol. Os gráficos de FIFA sempre foram bonitos, mesmo com traços um pouco desenhados, a impressão de estar mais perto da realidade é predominante, dessa vez não foi diferente. É possível perceber isso fácil ao realizar jogadas com Neymar, já no Barcenlona dentro do game, os detalhes beiram a perfeição. Alguns itens como a torcida e detalhes dos estádios parecem não ter sofrido drásticas mudanças das versões anteriores.

Como já citei não jogo com frequência FIFA, mas já assisti videos de gameplay e joguei uma ou 2 partidas de FIFA 13 com alguns amigos (além da demo do mesmo na época), mas a jogabilidade na nova versão é boa e bem agradável, os comandos são simples e respondem bem, semelhantes aos do seu concorrente. A ideia de realismo se mantém, com jogadores trombando uns nos outros, algumas bolas não sendo recebidas devido a força aplicada no chute e/ou toque.

Achei o game bastante fácil, inclusive obtendo resultados bastante satisfatórios durante o jogo. Não tive muito mais o que avaliar, o menu do game está bem mais simples do que no 13, o som ambiente é bom, além é claro de contar com uma trilha sonora bem diversificada nas pausas.

E o veredicto? Cada um com seus prós e contras, do meu ponto de vista PES 14 saiu perdendo, mas isso não significa que sem seu lançamento a Konami não traga algumas surpresas e melhorias. Vi relatos de alguns fãs de FIFA dizendo que nada mudou para a última versão, para dizer se isso está certo ou não, teria que jogar mais de ambos, coisa que provavelmente não farei, mas caso você jogue tanto FIFA ou PES, deixe suas impressões abaixo, acho esse um ótimo assunto para discutir, afinal de futebol todo mundo entende um pouco.

É um sul-mato-grossense e tem 27 anos, que começou no mundo dos games jogando Master System e Mega Drive, quando então conheceu o melhor console já criado neste mundo: o Super Nintendo. Já foi dono dos "clássicos" PSOne e PS2 e hoje passa horas disputando partidas nos battle royale da vida ou streamando!