Black Dragons vence e está na grande final da Pro League contra a ENCE

Time brasileiro da Black Dragons não toma conhecimento do adversário e bate a PENTA Sports por 2 a 0 durante semifinal da Rainbow Six Pro League em São Paulo.

A chance de título brasileiro é real, a Black Dragons venceu a bicampeã PENTA Sports por 2 a 0 na segunda semifinal da Rainbow Six Pro League neste domingo e agora enfrenta a ENCE na grande final da terceira temporada.

Jogando no mapa “Chalé”, o primeiro round fica na mão da PENTA após trocação franca entre as equipes, a BD chega a ficar na vantagem mas o desfecho não é favorável para os brasileiros.

No segundo round a BD joga na defesa sai na frente com uma boa C4 de “Julio”, a após uma boa sequência de eliminações vem o empate, tudo igual no marcador.

A BD vira o jogo no terceiro round fazendo um ataque eficiente, aplicando boas eliminações pra cima da PENTA e abrindo uma vantagem de três jogadores, 2 a 1 no marcador.

No quarto round o jogo continuava pegado, a PENTA tenta uma entrada rápida e mesmo perdendo alguns jogadores no começo, surpreende a BD e empata.

Com o jogo empatado a BD faz um ataque com cautela e espera até 1:20 para tentar o avanço, numa troca franca caem dois pra cada lado e com 4×4 em jogadores faz um avanço rápido e leva mais dois, com 30 segundos pra concluir o round, o jogador da PENTA erra um C4 e revela sua posição, o que permite a BD partir pra cima e marcar 3 a 2.

A PENTA abre uma vantagem de dois jogadores no sexto round mas vê a BD virar o jogo a seu favor ficando no 3 contra 1 e fechando mais um round a seu favor eliminando um a um os jogadores adversários, 4 a 2 no marcador, é match point para os brasileiros.

Parecia que o fechamento do primeiro mapa viria no próximo round, mas o tempo ficou contra a BD e na trocação a PENTA levou a melhor, adiando o resultado no “Chalé”, 4 a 3.

Mas a BD não estava afim de levar o mapa para a prorrogação e com bons pick offs pra cima da PENTA fecha o primeiro mapa da série melhor de 3.

O segundo mapa da série e quem sabe o último da série é “Club House”, e a BD começa no ataque. Mais uma vez “Julio” começa fazendo uma eliminação pra cima da PENTA e numa boa sequência, a equipe brasileira fecha o round sem perder nenhum jogador.

Na defesa a BD dominou os principais pontos do mapa e não deixou brechas para o avanço do inimigo, eliminando todas as tentativas do inimigo e marcando 2 a 0 em rounds.

Numa jogada rápida cai um jogador pra cada lado e a BD se vê com apenas 30 segundos para fazer o ataque, e mesmo com a utilização de algumas bombas de fumaça e gás, quem leva a melhor na trocação é a PENTA: 2 a 1.

A PENTA leva a melhor na defesa e empata a série: 2 a 2. Mas no quinto round a BD faz um ataque efetivo, ficando em vantagem numérica e fazendo o plant do desativador, e mesmo após a PENTA deixar tudo no 1×1, leva a melhor e marca 3 a 2.

Numa jogada muito inteligente, a BD incapacita um dos adversários e força a PENTA a revelar sua posição, dessa forma os brasileiros vão eliminando um a um dos adversários que ainda precisavam recuperar o desativador e mesmo após um double kill de “KS”, a BD leva o round: 4 a 2 e match point brasileiro.

Novamente no ataque, mesmo jogando no limite do tempo, a Black Dragons consegue encurralar a PENTA e nos últimos segundos parte com tudo pra cima e após boas eliminações, fecha o round, o mapa e se classifica para a final.

Agora a BD enfrenta na grande final a ENCE eSports, que eliminou os brasileiros da Team Fontt na outra semi. A final acontece também hoje na MAX5 Arena em São Paulo às 19h30, antes do jogo, acontecerá a revelação completa dos novos operadores do ano 3 de Rainbow Six Siege.

É um sul-mato-grossense e tem 27 anos, que começou no mundo dos games jogando Master System e Mega Drive, quando então conheceu o melhor console já criado neste mundo: o Super Nintendo. Já foi dono dos "clássicos" PSOne e PS2 e hoje passa horas disputando partidas nos battle royale da vida ou streamando!