Com duas vitórias SK Gaming joga hoje contra a Astralis no IEM Sydney

SK Gaming inicia com o é direito no IEM Sydney e após duas vitórias, joga pela vaga na semi-final contra a Astralis.

Na madrugada desta quarta-feira (3), o time brasileiro de CS:GO da SK Gaming jogou duas vezes pelo Intel Extreme Masters Sydney 2017, competição de Counter-Strike: Global Offensive organizada e patrocinada pela Intel, na Austrália.

A equipe brasileira composta por Gabriel “FalleN” Toledo, Marcelo “coldzera” David, Epitácio “TACO” de Melo, João “felps” Vasconcellos e Fernando “fer” Alvarenga vem motivada após vencer o cs_summit realizando uma campanha sem derrotas em séries de melhor de 3 e resgatando o espírito de competição após a recente troca de jogadores.

No primeiro jogo do IEM Sydney a SK enfrentou a equipe chinesa ViCi Gaming no mapa Cobblestone, apesar do excelente nível técnico do adversário, a vitória brasileira já era esperada, e assim foi, com a SK fechando a partida com um placar de 16-6.

Ainda na madrugada de ontem, a SK jogou de novo, enfrentando dessa vez a equipe North, que vinha de vitória na competição, o mapa escolhido novamente foi Cobblestone. A partida dessa vez foi mais apertada, após abrir uma boa vantagem no primeiro half, a North pressionou, mostrando porque é uma das equipes em destaque no cenário atual de CS:GO. Mas a equipe brasileira mostrou mais uma vez postura séria e fechou o jogo vencendo por 16-14.

Agora, a SK vai enfrentar a Astralis, a equipe que ocupa o primeiro lugar no rank geral de times de CS:GO, caso vença, a equipe brasileira está classificada para a semi-final do IEM Sydney, uma derrota a coloca na chave de loosers, tendo ainda mais duas chances de classificação para as próximas fases.

O jogo entre SK Gaming e Astralis está previsto para acontecer na madrugada desta quinta-feira (5) às 03h30 pelo horário de Brasília.

É um sul-mato-grossense e tem 27 anos, que começou no mundo dos games jogando Master System e Mega Drive, quando então conheceu o melhor console já criado neste mundo: o Super Nintendo. Já foi dono dos "clássicos" PSOne e PS2 e hoje passa horas disputando partidas nos battle royale da vida ou streamando!