Conversa de Sofá

Por João Ibarra em 18/04/2014

Analisando o jogo WRC4, poderia ser muito melhor

WRC 4 acerta na diversão, mas falha em muitos aspectos.

Ficha técnica

  • Plataforma: PC/ PS3 / PlayStation Vita / Xbox 360
  • Lançamento mundial: outubro de 2013
  • Desenvolvedor: Milestone
  • Distribuidor: Milestone

Para quem é fã de rali e viveu a era de ouro dos jogos do gênero no inicio dos anos 2000, está praticamente orfão de um jogo decente. Após o fim das séries Colin Mcrae e Richard Burns a coisa anda meio capenga. A série Dirt até teve um ínicio promissor com Dirt e Dirt 2, mas um fator destruiu a série: a adesão de Ken Block como piloto da franquia. Acho o Ken Block um showman, o cara realmente manja dos paranâue de manobras. Porém, Dirt é herdeiro da série Colin Mcrae, e a introdução das gincanas no Dirt 3 (que até é legal), culminou no lançamento do péssimo Dirt Showdown. WRC 4 vem com a proposta de resgatar os ralis, e para isso, trás a temporada 2013 do mundial de rali com as pistas, os carros, e é claro, os pilotos.

citroen

Corre jovem

A jogabilidade é muito boa. É possível escolher algumas ajudas como controle de tração, ajuda na frenagem e câmbio automático. O jogo não possui a linha de ajuda para você saber onde frear e se conseguirá completar a curva. O nível dos adversários varia de 0 a 10. Até o nível 5 é bem fácil, a partir do nível 6 a coisa muda de figura. A velocidade e estabilidade do carro varia nos diversos tipos de terreno: asfalto, neve , poças de água, grama, areia, cascalho, terra batida… As pistas também são bem diversificadas, passando por 14 países, possuem pistas rápidas, de média velocidade e lentas. Além da câmera terceira pessoa, também é possível escolher entre a câmera em primeira pessoa no cockpit e na primeira pessoa externa. Eu diria que a jogabilidade é o ponto de maior acerto do jogo. Faz lembrar dos jogos antigos. O problema é que outros aspectos lembram jogos antigos…

Gráficos podiam ser melhores

E aí chegamos nos gráficos. Não são de todo ruins. O detalhe do carro é bom, mas o cenário é bem fraco. Algumas contruções são bem feitas, mas a vegetação e o cenário de fundo parecem tirados de jogos de 6 anos atrás. As cores são foscas, não tem um contraste e brilho muito bons. Mas, incrivelmente o modelo dos torcedores não é 2D como na maioria dos jogos atuais.

Trilha sonora

Não tem. Nem tem o que falar. É só a música do menu.

Modo Carreira

O modo carreira é bem divertido, mas também falta muita coisa que os jogos atuais tem. Você inicialmente faz duas corridas na sua primeira temporada para obter o seu contrato. De acordo com seu desempenho são oferecidos os contratos. Se seu desempenho for bom, serão oferecidos contratos em equipes grandes nas categorias de entrada, a WRC Junior e WRC 3, contratos em equipes médias na WRC 2, e contratos em equipes pequenas na categoria principal, WRC. Assim, você pode escolher entre subir categoria a categoria, ou ir direto para a categoria principal, a unica coisa que muda, é a dificuldade. É possível escolher temporada com as etapas completas (3 dias), ou incompletas (2 ou 1 dia). Cada dia tem um total de 2 estágios que variam entre 2km e 7km. Se for escolhido a etapa completa, na categoria WRC, o último estágio do último dia é de velocidade e mais curto. A classificação final de cada etapa é definida com a soma de tempos de cada estágio. No intervalo de cada dia é aberta a garagem (imagem abaixo), onde é possível ver a classificação parcial, alterar o acerto do carro e arrumar possíveis estragos.

A interação com os outros pilotos é feita apenas antes de cada estágio. É mostrada uma entrevista de algum piloto, relacionada ou não a você, e é só. Não há disputa interna com companheiros, ou algo mais complexo, como existente na série F1, da Codemasters. Este é o ponto mais fraco do modo carreira, mas não prejudica muito.

2014-03-17_00010

Multiplayer

No modo online é possível jogar com até 16 jogadores. Porém, se você conseguir jogar online, será realmente um campeão. O jogo tem muitos problemas de conexão. Tentei várias formas para tentar jogar online, e não consegui.

2014-02-13_00011

No geral, não está a altura dos jogos de corrida da atualidade, porém, a parte referente ao rali está muito melhor que Dirt. As pistas são longas, com traçado desafiador, diferentes condições climáticas. Juntando a parte do rali de WRC 4 com jogabilidade e gráficos da série Dirt teriamos um jogo a altura da antiga franquia Colin Mcrae. WRC 4 é um jogo cheio de boas sacadas, entretanto elas não são executadas a contento. Contudo, o jogo é muito divertido.

Avaliação:

6.5
  • RALI!
  • Não é arcade, mas também não é um simulador
  • Ambiente do WRC, estágios longos, todas as pistas, carros e pilotos
  • Multiplayer não funciona corretamente
  • Gráficos datados
  • Cenário não é muito detalhado
Mais sobre: , , ,
Índio do pantanal, nunca teve console. Começou jogando no Super Nintendo na casa de amigos. Viveu a era de ouro das Lan Houses jogando CS 1.6 e NFS Underground. Analista de Sistemas, quase Engenheiro da Computação, vendeu a alma para a Steam, é grande fã das franquias Half Life e Max Payne.
DEIXE UM COMENTÁRIO
ÚLTIMAS ANÁLISES
  • Análise Playerunknown’s Battlegrounds (PlayStation 4)

    O jogo que popularizou o gênero Battle Royale finalmente foi lançado no console da Sony para a alegria dos jogadores da plataforma PlayStation (e da Bluehole, que agora atinge a maior base instalada dessa geração). A criança prodígio do Brendan Greene chegou a tempo ou tarde demais?

  • Análise Crashlands (Nintendo Switch)

    Originalmente lançado para celulares e posteriormente para PC, a versão de Switch desse RPG de ação em tempo real foi desenvolvida para ser controlado em telas de toque e com controle convencional. O que é perfeito para o console híbrido da Nintendo.

  • Análise H1Z1 (PlayStation 4)

    Na recente tendência dos jogos Battle Royale, H1Z1 estreia no Playstation 4 com a pretensão ambiciosa de bater de frente com Fortnite, o gigantesco sucesso da Epic Games.

  • Análise Bloodstained: Curse of The Moon

    Inti Creates teve a tarefa de entregar a prévia do Bloodstained Ritual of The Night e criou um perfeito sucessor do Castlevania original de 1986.

  • SOBRE
    O Conversa de Sofá é um site com notícias, dicas e tutoriais sobre jogos, análises e novidades sobre os últimos lançamentos e cobertura de eventos.
    Asantee Games
    Ethanon Engine
    REDES SOCIAIS