Conversa de Sofá

Por Samanta Fluture em 24/02/2015

Psych Mobile App

Psych é um mobile game app viciante que conquistou mais de 1 milhão de jogadores em duas semanas.

Se você está buscando por um novo jogo para baixar em seu smartphone ou tablet enquanto espera passar o tempo ou dar uma animada entre um compromisso ou outro enquanto está longe de seu computador ou console? O Psych é um daqueles games para dispositivo móvel que, de tão viciante, atingiu a marca de um milhão de downloads com apenas duas semanas de vida.

icon

Do contrário do que você imagina, Psych não é uma super produção que levou anos para ser desenvolvida. Na verdade, é um indie game minimalisa feito por apenas um único criador: Christian Baumgartner (mais conhecido como jcstranger). Ele trabalhou para a Ubisoft e outros estúdios grandes de produção de game por mais de sete anos. E, em 2014, começou a desenvolver games próprios em seu recém-criado estúdio de um único desenvolver, ele mesmo.

O jogo funciona assim: uma plataforma circular repleta de círculos e pequenos triângulos vai ficando cada vez menor. Com um único toque, é possível passar para o próximo anel, sem deixar que nada desmonte. O desafio vem depois, quando se é necessário saltar por entre estas plataformas, como se houvesse uma ponte bem formada. Se você se deparar com uma seção quebrada, acabará sendo levado à força para o fundo negro.

Simplificando, sua missão é evitar colidir com qualquer objeto preto. Enquanto você está pulando de plataforma em plataforma, como se fosse uma ponte, o centro preto está sugando tudo o que vê pela frente! O tempo vai passando e, se isso acontecer e você for arrastado por esse “buraco negro”, então será game over!

Veja abaixo no trailer oficial do projeto um pouco desse visual e sua jogabilidade:

As formas geométricas simples e a jogabilidade acessível (super sensível e com controles de toque único) não funcionam perfeitamente e viciam apenas por testar todos os seus reflexos. Na verdade, o game grita vitória quando percebemos que estamos fazendo progresso e os pontos vão se acumulando, contra um tempo quase impossível de bater! Nem tão fácil nem difícil demais a ponto de se desistir, o jogo oferece deixa você conferir seu progresso e integrar seu compartilhamento de forma automática com o Facebook e o Twitter.  

Além disso, você pode conferir os estágios e seu progresso por eles de forma instantânea. Isso porque o visual e seus efeitos psicodélicos generativos mudam quando você passa de fase. Ou seja, durante sua evolução, as cores da tela começam a mudar, os círculos se distorcem e os truques audiovisuais com geometrias ficam difíceis de apagar da memória.

Esse visual minimalista e clean também garante uma experiência explosiva. Ao todo, são sete efeitos psicodélicos diferentes que aparecem ao longo do tempo, em um desafio de infinitas possibilidades. Como as cores são geradas através de valores RGB por algoritmos de processos durante o jogo, isso significa que suas variações nos efeitos são ilimitadas!

psych_5

psych_4

psych_2

psych_1

Psych está disponível tanto para Android quanto para iOS de forma gratuita. Para garantir a monetização do projeto, há a opção de pagar $0.62 para retirar os anúncios (versão Android) ou comprar novos “temas” para mudar o visual dos triângulos ($0.50 cada, para versão iOS).

Foram seis meses para criar, desenvolver, produzir e lançar o jogo em múltiplas plataformas. O resultado de mais de um milhão de usuários é gigantesco mas totalmente compreensível.  Afinal, o indie game e aplicativo é, no fim, tudo o que realmente faz um mobile game ser um sucesso: oferece uma experiência super rápida, com jogabilidade viciante e de visual explosivo.

Formada em publicidade pela ESPM e Arte Digital pela Central Saint Martins em Londres, atualmente cursa mestrado em Tecnologias de Inteligência e Design Digital na PUC. Trabalha como redatora web para sites sobre comunicação, tecnologia, cultura e projetos criativos no geral. É apaixonada por arte, viciada em indie games e gosta de se aventurar na programação!
DEIXE UM COMENTÁRIO
ÚLTIMAS ANÁLISES
  • Análise Playerunknown’s Battlegrounds (PlayStation 4)

    O jogo que popularizou o gênero Battle Royale finalmente foi lançado no console da Sony para a alegria dos jogadores da plataforma PlayStation (e da Bluehole, que agora atinge a maior base instalada dessa geração). A criança prodígio do Brendan Greene chegou a tempo ou tarde demais?

  • Análise Crashlands (Nintendo Switch)

    Originalmente lançado para celulares e posteriormente para PC, a versão de Switch desse RPG de ação em tempo real foi desenvolvida para ser controlado em telas de toque e com controle convencional. O que é perfeito para o console híbrido da Nintendo.

  • Análise H1Z1 (PlayStation 4)

    Na recente tendência dos jogos Battle Royale, H1Z1 estreia no Playstation 4 com a pretensão ambiciosa de bater de frente com Fortnite, o gigantesco sucesso da Epic Games.

  • Análise Bloodstained: Curse of The Moon

    Inti Creates teve a tarefa de entregar a prévia do Bloodstained Ritual of The Night e criou um perfeito sucessor do Castlevania original de 1986.

  • SOBRE
    O Conversa de Sofá é um site com notícias, dicas e tutoriais sobre jogos, análises e novidades sobre os últimos lançamentos e cobertura de eventos.
    Asantee Games
    Ethanon Engine
    REDES SOCIAIS