Análise Rocket Wars (Nintendo Switch)

Rocket Wars é um jogo de disputa entre foguetes que orbitam uma estrela e precisam eliminar os adversários usando tudo o que encontrarem pela frente.

Um jogo com uma premissa simples, Rocket Wars coloca até quatro jogadores em órbita de uma estrela com o objetivo de eliminar os demais ao som de música eletrônica. O jogo não possui campanha, já que é um feito exclusivamente para colocar os amigos uns contra os outros como no clássico modo batalha do Mario Kart 64, embora ele lembre mais aquela disputa que acontecia com Mario e Luigi num esgoto.

Rocketman

Essencialmente temos o seguinte: uma arena circular com uma estrela ao centro, representada por uma esfera branca brilhante, onde iremos controlar naves espaciais e atirar para eliminar os adversários. Conforme a partida avança – a duração delas depende do modo de jogo – itens surgem na tela e quem pegar primeiro obtém uma habilidade específica (sim, são power-ups). As habilidades modificam o tiro do jogador e são a estrela do jogo junto com as diferentes naves que podem ser customizadas com pinturas desbloqueáveis, algo que você só irá ver quando após algumas partidas sendo obliterado pelos adversários.

O controle das naves foi um pouco difícil de entender a princípio. Eu fiquei girando feito um pião espacial até que descobri que dá pra escolher entre dois tipos, um livre que vira sua nave para a direção apontada no controle e uma que a faz girar sob seu eixo central como Chris Redfield e Jill Valentine. Obviamente essa foi a minha escolha que resultou quase imediatamente na primeira vitória.

Starship Trooper

Rocket Wars é um jogo bem generoso nas escolhas que oferece ainda que estejam limitadas à sua simplicidade. Logo de início são cinco modos de jogo para encarar sozinho ou com amigos / adversários que podem ter naves controladas pelo computador até o limite de quatro na partida.
Diferentes naves com habilidades e limitações distintas ficam disponíveis ao início das partidas embora eu não tenha encontrado muito incentivo para usar outra que não fosse a que vem por padrão no início.

Apesar da arena circular passar a impressão de que as naves estão confinadas num espaço pequeno demais para padrões astronômicos, Rocket Wars vai agradar quem gosta de jogar com amigos e não quer gastar muito raciocínio em puzzles ou estratégias muito complexas.

Diego Matias
Let's rock and ride!