Conversa de Sofá

Por Flávio Ricardo em 11/01/2017

Campus Party Brasil e Nações Unidas promovem Hackathon

Campus Party Brasil e ONU se juntam para promover Hackthon afim de promover o empreendedorismo e resolver soluções tecnológicas para os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Como parte dos eventos comemorativos da décima edição da Campus Party Brasil, será realizado junto com a PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), um hackathon com mais de 100 horas de duração para resolver soluções tecnológicas para os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

A Campus Party sempre realiza hackathons em todas as suas edições, além de premiar as equipes vencedoras e desenvolver problemas que envolvem temas como sustentabilidade e qualidade de vida, é uma forma de incentivar o empreendedorismo inovador e descobrir novos talentos.

As equipes vencedoras do Big Hackathon terão suas soluções chanceladas pelo PNUD e com apoio da ONU. Além do mais, poderão ser viabilizadas pelas equipes tanto com a iniciativa privada quanto com a pública no futuro.

Quem se interessar em participar do hackathon deve inscrever sua equipe até o dia 25 de janeiro, as equipes podem ser compostas por programadores, designers, pessoas de negócio, marketing e comunicação. As equipes podem ter até seis membros, confira mais informações e se inscreva no site do The Big Hackathon.

A Campus Party Brasil 2017 acontece entre os dias 31 de janeiro e 5 de fevereiro em São Paulo, no Pavilhão de Exposições Anhembi. Os ingressos para o evento já estão à venda para todos os dias, o ingresso custa R$ 240,00 para quem não for acampar, a entrada com camping individual custa R$360,00.

É um sul-mato-grossense de 20 e poucos anos, que começou no mundo dos games jogando Master System e Mega Drive, quando então conheceu o melhor console já criado neste mundo: o Super Nintendo. Já foi dono dos "clássicos" PSOne e PS2 e hoje passa horas disputando partidas online de Gears of War 3 no Xbox 360.
DEIXE UM COMENTÁRIO
ÚLTIMAS ANÁLISES
  • Análise Prey (2017)

    Prey traz várias referências de títulos do gênero FPS que se consagraram no passado não apenas por ser um simples shooter, mas por expandir suas mecânicas de modo a construir uma experiência de ficção científica única para quem joga, confira nossa análise.

  • Análise Dragon Quest Heroes II

    Um clássico musou, Dragon Quest Heroes II lhe dá bons momentos de pancadaria contra hordas de inimigos e mesmo às vezes sendo repetitivo, diverte os fãs do gênero.

  • Análise STRAFE

    O mais sangrento, mortal e frenético jogo de tiro de 1996, essa é a descrição do roguelike de tiro em primeira pessoa STRAFE. Com fortes influências de outros jogos do gênero, como DOOM, o jogo é uma dose de nostalgia com algumas pitadas de decepção, confira nossa análise.

  • Análise Blackwood Crossing

    Blackwood Crossing é mais um jogo onde a jogabilidade fica um pouco de lado e somos imersos numa narrativa que trata de assuntos mais maduros.

  • SOBRE
    O Conversa de Sofá é um site com notícias, dicas e tutoriais sobre jogos, análises e novidades sobre os últimos lançamentos e cobertura de eventos.
    Asantee Games
    Ethanon Engine
    REDES SOCIAIS