7 Dicas para se dar bem em Final Fantasy VII Remake

7 dicas sobre o que priorizar no início de Final Fantasy VII Remake, como algumas mecânicas funcionam e como carregar espadas imensas mesmo com bracinhos finos.

era um dos jogos mais aguardados por fãs de videogame no mundo inteiro desde seu anúncio na E3 2015, e agora que a espera acabou e colocamos as mãos no game, ou melhor, no primeiro capítulo do que serão vários títulos ainda sem quantidades definidas, ficou claro que motivos para toda essa expectativa não faltavam.

Seja por ser uma releitura de um clássico poderoso que foi a introdução ao mundo dos JRPGs para vários jogadores ou por permitir revisitar com gráficos e jogabilidade modernos uma obra que apresentou personagens icônicos não só para franquia, mas para os videogames como um todo, esse remake acerta em cheio o coração de quem teve contato com o jogo de 1997, tanto para o bem como para o mal.

Mas para outra parcela dos jogadores VII Remake será o primeiro contato com a série. E eu me incluo nessa categoria.

Pode parecer estranho que em todos esses anos, e com a quantidade de títulos Final Fantasy lançados para todas plataformas, que alguém não tenha ao menos tido contato com a franquia de alguma forma, mas às vezes o estranho é mais comum do que a gente imagina.

Antes de mais nada quero esclarecer que esse não é um review do jogo, diferente do que normalmente escrevo aqui para o Conversa.

Um rapaz com golpe muito rápidos

Pense neste texto como um Guia Introdutório com 7 dicas que podem te ajudar a ter uma experiência mais suave em .

O que priorizar no início do game, como algumas mecânicas funcionam e como o Cloud Strife consegue carregar espadas imensas com aqueles bracinhos finos.

1 – Evolua as suas Matérias

No combate de Final Fantasy VII Remake existem 4 formas de ataques: comuns; relacionados a habilidades das armas; especiais particulares de cada personagem e ataques mágicos de itens chamados Matérias.

Para usar os ataques relacionados às Habilidades e Magias é preciso utilizar ataques comuns ou especiais até que um medidor chamado BTA seja carregado, e por mais tentador que seja continuar apertando quadrado pensando no jogo como um hack ‘n slash, essa não é a forma “correta” de se jogar FF7.

Quer dizer, você pode até se dar bem com inimigos mais fracos no início do game fazendo isso, mas quanto mais avançar mais vai perceber que deveria ter se acostumado a jogar de uma forma mais tática para assim aplicar danos consideráveis aos inimigos da Shinra.

E é melhor começar a usar as Magias o quanto antes já que cada vez que a cada uso elas evoluem um pouco e eventualmente sobem de nível, e cada evolução representa um aumento de dano causado por esse poder específico.

Quando chegar em 900 pontos de aprimoramento essa Matéria de Fogo vai estar totalmente evoluída.

E apesar delas evoluírem só de estarem equipadas, esse aumento é muito lento se comparado ao uso efetivo delas, que faz com que essa evolução seja mais rápida.

Então use suas Magias em inimigos comuns desde o começo, mesmo quando não for realmente necessário, já que assim quando alcançar batalhas conta inimigos mais poderosos ou Chefes os seus personagens já vão estar com Matérias evoluídas e isso vai tornar os combates mais fáceis e rápidos.

Acostume-se inclusive a trocar as Matérias das suas armas assim que elas alcançarem o nível máximo, assim você poderá evoluir outras e ter um arsenal de magias variadas para todas as situações.

Outro detalhe muito importante: quando for fazer melhorias nas suas armas procure evoluir primeiro a opção Mais Matéria, que assim você desbloqueia mais espaços para equipar ou conectar Matérias diferentes, o que garante efeitos adicionais, como acrescentar um efeito elemental aos seus golpes normais.

Dano e vida são sempre bons, mas evoluir a opção Mais Matéria é melhor a longo prazo

2 – Analise seus inimigos

No capítulo 3 você será apresentado ao sistema de missões secundárias e uma das missões mais importantes no longo termo envolve um garoto chamado Chadley.

Chadley é um pesquisador que desenvolve novas e mais potentes Matérias e para isso ele precisa que você analise as fraquezas dos inimigos durante os combates utilizando uma Matéria de Análise que ele te fornece no início dessa missão.

Nunca desequipe essa Matéria.

Mesmo quando concluir a missão do garoto, continue usando ela em todos inimigos que encontrar, com ela você vai aprender qual magia ou habilidade causa mais dano em um determinado tipo de inimigo.

Chadley, the boy with the thorn in his side

Além disso, você encontra Chadley várias vezes durante o game e cada vez que tiver relatórios de combate para apresentar ele te dará uma recompensa, sejam novas Matérias ou descontos na compra delas.

3 – Aproveite a Black Friday

Quanto mais missões secundárias você fizer mais sua reputação aumenta e consequentemente mais desconto nas lojas vai ter. E meu conselho é: compre tudo que estiver marcado com uma seta de desconto.

No início Cloud não vai ter muito Gil, a moeda do jogo, mas mesmo quando for o mercenário mais pobre do Distrito 7 vale a pena comprar o que estiver com o indicador de desconto nas lojas e máquinas de venda.

Normalmente o corte no preço é muito grande e acredite, em algumas lutas você pode precisar utilizar vários desses itens, principalmente os de cura e re-animação.

Se você não comprar nada o desconto é maior, mas a dificuldade também

Um forma complementar de obter itens é procurar baús pelo cenário e destruir todas caixas de metal e de madeira pelo caminho, então fique atento ao ambiente.

4 – Magias de cura e autocura

Uma forma de minimizar o uso de itens para recuperar vida é ter equipada Matéria de Cura ou Autocura para recuperar a saúde dos seus aliados e a sua durante o combate, ao custo da barra de BTA.

Como essa barra é a mesma utilizada para os ataques mágicos e de Habilidade é importante fazer um balanço da hora certa de se curar e a hora certa de atacar, já que você precisará dela para realizar todas as ações especiais.

E enquanto eu prefiro deixar a Matéria de Cura no meu personagem principal a Autocura é perfeita para os outros membros do seu time.

Pelo simples motivo de que a IA só usa ataques especiais ou itens se você assumir o controle dela ou se der a ordem para que façam isso, do contrário no meio de uma luta se você não perceber eles podem acabar morrendo.

A Matéria de Autocura no nível máximo permite até 10 curas durante o combate

A Autocura é um forma de evitar que isso aconteça, desde que você esteja sempre enchendo as suas barras de BTA, quando qualquer membro da sua party estiver com a vida baixa, o personagem equipado com a Matéria de Autocura irá usar ela para curar quem mais precisar.

5 – Não esqueça seu Ataque Especial

Como mencionei na primeira dica cada personagem tem um ataque especial alocado no triângulo e é fácil negligenciar essa mecânicas enquanto está preocupado em analisar, usar habilidades e magias nos inimigos.

Esses ataques são muito importantes e tem várias vantagens.

Além de não consumirem das barra de BTA, causam mais danos que ataques simples, ajudam a encher a barra BTA mais rápido e após um breve período de espera eles já podem ser usados novamente.

Não se esqueça de apertar triângulo sempre que o cooldown da habilidade resetar.

6 – Descanse em todos os bancos pelo caminho

Sempre antes ou depois de uma luta se você ver um banco sente nele.

Seu guarda eu não sou vagabundo, não sou delinquente…

Bancos recuperam sua vida e seus pontos de magias instantaneamente, sem custos e o tempo não passa quando você utiliza eles, então não se preocupe em “perder” missões por conta da passagem do tempo enquanto você descansa já que isso não acontece.

7 – Troque de armas frequentemente

Ainda relacionado ao que mencionei na primeira dica a respeito dos tipos de ataque: cada arma tem um Ataque Especial atrelado a ela, dentro da aba Habilidades.

Esse Ataque está relacionado à proficiência da arma, e quanto mais esse ataque for utilizado mais essa arma aumentará esse status de especialização e assim que alcançar o nível máximo além de aumentar o dano do Especial, esse ataque antes inerente apenas àquela arma passa a estar disponível em todas.

Então mesmo que você não goste da movimentação e animação de uma arma específica vale a pena utilizar ela até conseguir essa proficiência e aprender o seu ataque permanentemente.

Coreografias dignas de

Isso é tudo, pessoal

Espero que essas dicas possam te ajudar caso não estivesse acostumado com esse tipo de combate mais tático, parte em turnos, parte hack‘n slash ou se assim como eu esse for o seu primeiro ou um das primeiras experiências com Final Fantasy.

E se você é um veterano da franquia espero que esse texto tenha ao menos algum ponto que talvez você não tenha percebido e que possa ter te acrescentado algo.

Por outro lado se já sabia de tudo isso, mas considerou que são dicas boas, que tal compartilhar esse texto com aquele amigo que está tendo dificuldades no jogo e fica mandando áudio no WhatsApp 3 horas da madrugada te pedindo dicas?

Talvez ajude ele a aproveitar mais desse grande jogo que é Final Fantasy VII Remake e quem sabe não nos vemos em FF7 Remake – Parte II.

Papai Platina
Trophy hunter e pai de 3 filhos maravilhosos.