Análise DiRT Rally

Lançado em early access em 2015 no PC, DiRT Rally deu as caras esse ano nos consoles e trouxe de volta a adrenalina dos jogos de corrida com foco em rally chegando ao Brasil com menus e dublagem em português, confira nossa análise pra não comer poeira.

Por mais que eu sempre tenha gostado de jogos de corrida, durante muito tempo, não fui grande fã de títulos que apresentavam uma pegada de simulação. Minha praia era sair fazendo curvas fechadíssimas sem encostar no freio — se muito, eu parava de acelerar por uns dois segundos — desafiando praticamente todas as leis da física ao mesmo tempo. Isso mudou quando comecei a tomar gosto por jogos de Rally, começando por V-Rally 3 e Pro Rally 2001.

O simples fato de chegar inteiro ao fim de uma pista já era motivo para comemoração. O desafio envolvido era completamente diferente. A partir daí, foi um longo caminho até que eu passasse a de fato gostar do gênero como um todo. Acabei comprando um volante e perdi centenas de horas em Project: CARS e tantos outros simuladores. E aí entra .

é um jogo de corrida lançado pela em abril de 2016 depois de um período considerável em Early Access do Steam. Quem acompanhou o longo período de desenvolvimento do título pôde observar a dedicação dos desenvolvedores ao feedback da comunidade e a grande quantidade de recursos que foram, aos poucos, sendo adicionados. O resultado foi o que pode vir a ser o jogo definitivo de rally — pelo menos até hoje.

DiRT Rally

não traz nenhuma inovação gritante ou algo que ninguém tenha visto anteriormente em algum título de corrida, mas traz um jogo que executa com maestria tudo que se propõe. Falando de forma tão superficial pode parecer se tratar de algo deveras simples, mas não é.

Um bom jogo de Rally, mesmo sem nenhuma novidade bombástica, precisa ter um motor físico exemplar, se comportando de maneira diferente de acordo com os vários tipos de material que podem estar no chão, de acordo com o atrito dos pneus com o solo, as condições climáticas, os ajustes da suspensão, o peso e a aerodinâmica do carro.

Assim sendo, tudo tem um papel importantíssimo para adicionar uma carga de simulação tão grande que pode chegar a intimidar quem acidentalmente cai numa trilha de Rally após sair acelerando de uma curva de 90º em jogos arcade tais como Need for Speed. Com tanto detalhamento, chega a ser triste que um jogo tão bom caia na mão de um motorista tão ruim quanto eu.

DiRT Rally

O grande destaque de é a imersão que este proporciona. Eu nunca me vi particularmente envolvido pela atmosfera de um jogo de corrida — geralmente colocava alguma música pra tocar e ia relaxar um pouco fazendo umas ultrapassagens de legalidade duvidosa. Não consigo fazer isso em Rally, o jogo exige meu completo envolvimento.

Para fazer uma boa corrida, é preciso ouvir com atenção as instruções do co-piloto (dubladas em português — ainda que você vá precisar de algum tempo para se acostumar com o vocabulário e com os comandos dados por seu parceiro) para saber o que vem logo à frente e evitar que seu carro e a árvore à frente passem a ser um só.

Se a física do título impressiona, os gráficos fazem o mínimo e acompanham com maestria a experiência de jogo. Os efeitos climáticos são um show à parte, o detalhamento dos veículos — incluindo os danos causados a ele e a poeira adquirida, tão evidente que até dá nome à série.

DiRT Rally

A variedade de carros disponíveis no jogo também se destaca, são pouco mais de 40 carros disponíveis em diversas categorias, que os organizam por época de lançamento ou características de motorização que mudam sua categoria de corrida. É possível colocar esses brinquedinhos de quatro rodas para comer poeira em diversas localizações ao redor do mundo, em dezenas de pistas espalhadas por aí — da Finlândia ao Canadá, passando pela Argentina.

é provavelmente um dos melhores jogo de carros que foram lançados nos últimos anos. Só não é pra qualquer um, se sua praia não está em jogos de simulação, passe longe desse título — uma enorme carga de frustração te espera. Entretanto, se você é do tipo que prefere calcular com precisão cada curva e se arriscar num terreno que talvez vá te jogar para fora da pista sem pensar duas vezes, DiRT Rally vai te agradar.

DiRT Rally

Ele traz para o jogador uma dose cavalar de realismo e imersão, com pistas e carros detalhados ao extremo e um co-piloto cuja presença se faz muitas vezes absolutamente necessária. Os bons gráficos e o poderoso motor físico fecham o pacote de um jogo que mostra em cada detalhe o quão importante pode ser o feedback dos fãs durante um jogo que é desenvolvido em aberto (early access).

foi lançado no PC, e Xbox One. Análise feita a partir de uma cópia da versão cedida pela assessoria de imprensa da Codemasters.