Análise This War of Mine: Stories – Father’s Promisse (Mobile/Android)

Em 2014, This War of Mine chamou atenção da indústria por apresentar uma abordagem pouco comum para jogos de guerra. O título já recebe agora mais uma extensão chamada Father’s Promisse. Analisamos a versão para Android.

: Stories – Father’s Promisse é um cuja abordagem difere dos jogos de tiro tradicionais por focar na miséria e desespero dos civis que ficam presos no meio de um conflito. Father’s Promisse conta a história de Adam, sobrevivente cuja esposa foi morta recentemente e que agora precisa cuidar de sua filha que está doente. Com poucos recursos e presos num prédio sem saída por conta de escombros, Adam precisa lutar contra fome e cansaço para encontrar meios de salvar sua menina em meio ao caos da guerra.

Adam construindo um equipamento em This War of Mine
Adam precisa se virar com o que conseguir

Acalanto

Originalmente lançado pra computadores, Father’s Promisse usa a tela de toque dos celulares para dar os comandos para Adam se movimentar e interagir com elementos do cenário. Há uma bancada disponível para usar os materiais encontrados na construção de itens como fogões para preparar comida e tornos para forjar ferramentas e armas mas isso não significa muita coisa já que os recursos são escassos e a principal necessidade de Adam é cuidar da sua filha. Mesmo centrado nas mecânicas de , esse episódio de This War of Mine amplia o foco e oferece um enredo que envolve o dilema de Adam em se arriscar com sua filha doente, por um corredor humanitário proposto por seu irmão.

Em Father’s Promisse, sobreviver é difícil. Durante o dia, Adam terá que coletar recursos no abrigo, construir e reforçar seus equipamentos com o material encontrado enquanto o ciclo noturno nos dá algumas opções e todas possuem riscos. Caso Adam decida vigiar o abrigo e cuidar da filha, poderá ficar sem recursos no dia seguinte. Caso decida dormir para descansar, o abrigo ficará desprotegido e não terá novos recursos e caso decida explorar os locais próximos em busca de materiais, perderá sono e descanso e deixará o abrigo vulnerável.

Adam ameaça seu irmão em This War of Mine
O carinho da família.

To Live is To Die

Para seguir até o fim da história, você provavelmente irá repetir alguns dias. Seja por pouca familiaridade com os controles no celular ou pela cadeia de acontecimentos imprevisíveis que as suas ações podem acabar desencadeando, alguma eventual morte durante a história é inevitável. Father’s Promisse tem alguns diálogos obrigatórios que poderiam ser avançados com toques na tela para agilizar as repetições eventuais mas uma vez passados, a história é boa o suficiente para instigar o jogador a avançar nos dias.

Tela de inventário em This War of Mine
Muita necessidade e poucos recursos.

O cenários são apresentados com cores soturnas e a ambientação é opressiva o tempo todo a ponto de parecer que estamos jogando em preto e branco. A música tem forte inspiração nos temas melancólicos compostos pelo Gustavo Santaolalla e há a opção de desligar a música e jogar apenas com o som ambiente.

A exploração dos cenários é sempre arriscada porém necessária para que Adam se mantenha vivo e saudável. Sono, fome, cansaço, ferimentos, e doença precisam ser cuidados ou irão acrescentar desvantagens à jogabilidade como movimentos lentos e sangramento. Essa variedade de elementos atuando contra o jogador são a principal marca da série e a brutal mensagem do jogo sobre a crueldade da guerra com os civis.

Adam morre de cansaço em This War of Mine
Não é fácil.

This War of Mine: Stories – Father’s Promisse é um jogo que nos lembra daquilo que por vontade própria ou distanciamento, fazemos questão de esquecer. A guerra que inspirou essa série de jogos é bastante recente e apesar do mundo já ter sido um lugar muito pior do que é hoje, a impressão que fica é que fazemos muito para que tempos cruéis continuem a nos assombrar.

Mais uma morte de Adam em This War of Mine
Tempos difíceis.
Let's rock and ride!