Análise Wreckfest (PS4)

Wreckfest tem potencial para agradar todos os públicos por conta de sua simplicidade, humor e destruição, proporcionando momentos engraçados e inusitados.

Wreckfest Divulgação

Cuidadosamente escolher os pneus corretos, o escapamento e a suspensão ideal, a pintura e a arte mais incríveis… tudo isso com o único propósito de destruir tudo minutos depois.

Essa é a grande sacada do divertidíssimo Wreckfest: focar em um jogo mais galhofa em que o objetivo principal é destruir tudo e todos, e conquistar o cobiçado primeiro lugar.

Desenvolvido pela e publicado pela THQ Nordic, é excelente mesmo para quem não é fã de games de corrida por conta de todo o seu humor, diferentes modos e veículos inusitados. O game foi lançado para e em 27 de agosto de 2019, apesar de estar disponível para PC desde junho de 2018.

Carro sofá Wreckfest
Dá preguiça de sair do sofá às vezes? Sem problemas.

Cansado de veículos convencionais? Que tal usar um cortador de grama como se fosse um kart.

Gosta de Farming Simulator e sempre quis ver que estrago uma colhedora faria em uma corrida de demolição? Aqui você pode. Quer dirigir um sofá há 80 quilômetros por hora? Não diga mais nada.

oferece todas essas opções de veículos, além de outros como limusines, ônibus escolares, minivans, muscle cars, etc., tudo isso espalhado em diferentes e torneios dentro do modo carreira e multiplayer online.

Peça por peça da máquina

Apesar de existirem opções de customização e balanceamento a importância desses fatores para o resultado final não é tão massiva como para outros jogos voltados para simulação. Com uma certa dose de sorte, e alguma habilidade, é possível se sair bem na maioria das corridas dos campeonatos iniciais, mesmo com os carros básicos iniciais.

Melhorias em Wreckfest
Get_low.mp3

Obviamente ao longo da carreira, principalmente em alguns eventos finais da campanha essas melhorias terão papel mais importante, mas até lá o jogador estará familiarizado com o ritmo do jogo.

E isso é um ponto extremamente positivo em , a curva de aprendizagem é muito boa.

Em suma, qualquer um pode pegar o jogo e se divertir, mesmo não sendo um ás do volante, e gradativamente aprender os truques e artimanhas que serão vitais para quem se aventurar no modo multiplayer.

Além disso todos os painéis de melhorias são bem simples e explicativos. Ajuda muito o jogo estar todo localizado se o seu console estiver em português.

Essas melhorias podem ser feitas através da troca de peças, no painel Garagem, e novas peças e itens cosméticos podem ser desbloqueados para compra com dinheiro conquistado ao cumprir desafios, vencer corridas e subir de nível.

Também é possível regular o carro antes de cada corrida de acordo com o tipo de pista no menu Tunagem, e todas essas alterações são desfeitas ao final das provas.

Tunagens provisórias

Existem 4 níveis de regulagem para 4 tipos de itens, sendo possível alterar o diferencial para uma maior ou menor aderências nas curvas, modificar relação de marchas, suspensão ou freios, por exemplo.

Mas se nada disso faz sua cabeça, ou se você não quer sair daqui com um curso de mecânica de automóveis e sim correr e destruir, tem um modo de jogo para você.

Hora de queimar borracha

Dentro do modo carreira existem 5 campeonatos, cada um com eventos variados: corridas individuais ou com várias provas, eventos de destruição, provas mistas ou com veículos especiais.

Cada um desses eventos rende uma pontuação, que é necessária seja para liberar novos confrontos, ou para a ascensão ao próximo campeonato, que é travado até uma quantidade X de pontos ser alcançada.

Campeonatos em Wreckfest
Campeonatos

Além disso cada corrida possui objetivos secundários, que ao serem completados rendem pontos de experiência e créditos, que podem ser usados para compra de novos veículos ou para melhorar os que já comprou ou conquistou.

E essa talvez seja uma das únicas mecânicas do jogo que me fazem tirar pontos dele, além dos loadings que são um pouco demorados.

É muito claro que você precisa de uma determinada pontuação dentro de um campeonato para liberar outro, mas é contra intuitivo o porquê de algumas provas estarem bloqueadas dentro de um campeonato que você já tem acesso.

Não que seja extremamente difícil entender os motivos de ser assim, mas é um pouco confuso e isso contrasta com a simplicidade do restante do jogo.

Representações do nível, tipo e região do veículo

Os carros são classificados por tipos, níveis e regiões. Se uma prova exige um carro europeu compacto nível B, não adianta possuir um que atenda ao tipo e região, mas de nível A. Para participar dessa prova, especificamente, vai ser necessário comprar um carro B, e em nenhum momento isso é explicado.

Outro detalhe, seguindo o mesmo exemplo, se você colocar peças melhores no carro nível B ele pode se transformar em A e, portanto, não poderá ser utilizado nas corridas B.

Isso não é motivo para desespero já que os upgrades podem ser trocados, é possível então retirar peças e voltar o carro para o nível desejado, por exemplo, mas como isso também não é claro, até entender essa mecânica eu já havia comprado 2 carros sem necessidade.

Quero um desses de verdade

O multiplayer conta com os modos corrida livre, destruição, eventos mistos e partidas rápidas aleatórias, e é possível começar por ele, mas é recomendável liberar carros melhores na carreira ou vai ser difícil se manter competitivo.

Na versão de lançamento do game, ainda não é possível enviar convites diretos ou jogar partidas privadas com amigos, mas existe opção de busca de servidores, que podem ser filtrados por região, latência e tipo de evento.

Então caso um amigo ou grupo de amigos queira jogar junto basta procurar, combinar e entrar em um mesmo servidor.

Wreckfest Destruição
Pistas em forma de 8 são divertidíssimas e enervantes, carros correndo em todas direções

Diversão para todos

Em sua essência Wreckfest é um jogo simples, fácil e convidativo.

Qualquer pessoa vai conseguir avançar sem se sentir muito para trás, não existem barreiras intransponíveis e os picos de dificuldades  não são muito altos.

E quem procura um desafio maior também vai encontrar opções aqui alterando as configurações. É possível ajustar a inteligência artificial dos inimigos, a dificuldade de direção, escolher entre direção manual ou automática e para os mais entusiastas o game oferece suporte ao uso de conjuntos de volantes ao invés do dualshock 4.

Just a flesh wound

Também é possível alterar o dano para a opção realista, onde cada batida deforma o carro utilizando uma física mais natural para cada tipo de impacto, até que ele pare de funcionar por completo se o estrago for extenso, por exemplo.

Cada uma dessas alterações acrescentam níveis de dificuldades, mas também recompensam o jogador com um pequeno bônus multiplicador de XP, o que pode ser um bom negócio para quem passou a dominar tudo o que o jogo tem a oferecer e quer mais.

Em resumo, é divertido, engraçado e absolutamente recomendado para todos os públicos.

A análise de foi feita através de uma cópia de fornecida pelo desenvolvedor.

Papai Platina
(Pouco) conhecido como Willian. Marido, pai de três filhos maravilhosos, fã de Stephen King, filmes toscos e trophy hunter nas horas vagas. No Twitter como @papaiplatina e willianmarques na PSN.