Conversa de Sofá

Por Bruna Cardoso em 01/03/2016

Análise Pesadelo – Regressão

Conheça sem spoilers o jogo de terror brasileiro Pesadelo – Regressão nessa análise que lhe passará um pouco dos sentimentos da experiência.

Prepare-se para enfrentar seus pesadelos ocultos porque logo abaixo você encontrará uma análise do segundo jogo da franquia de terror brasileira Pesadelo. Pesadelo – Regressão é a sequência do bem aclamado Pesadelo: O Início.

Em Pesadelo – Regressão você encarna o papel de Alex, um homem que acordou em uma casa e não se lembra de nada além de seu nome.

Ele encontra alguns rastros do que podem ser dicas de que uma empresa que pode estar envolvida nessa sua suposta amnésia, o que dá a jornada do personagem um toque de mistério, que vai sendo desvendado conforme você progride nessa história.

Em busca de respostas ele sai em uma pequena aventura, só que esse jogo não se trata de um passeio agradável em busca de suas memórias, o ambiente é absurdamente escuro, a atmosfera é desagradável o suficiente para que você deseje nunca ter levantado da cama, e a cada lugar que este homem confuso visita, você se assusta, se envolve pela euforia de escapar vivo, encontra medos de formas diferentes, o sentimento de urgência te envolve e te deixa com muito desconforto.

Alex em uma máquina da Oblivion

Alex aparece em uma máquina do laboratório Oblivion

Pensamentos como “o que estou fazendo aqui”, “eu não mereço isso”, “o que há de errado com este lugar e quem sou eu” transbordam por sua cabeça durante todo o gameplay.

O fato do jogo ser em primeira pessoa e de ter recursos limitados é somente um dos fatores que deixam a experiência ainda mais intensa.

Não espere encontrar em Pesadelo – Regressão um jogo totalmente americanizado, vilões conhecidos pela cultura brasileira também aparecem no jogo e vão fazer questão de que você não se esqueça deles. No elenco do jogo você irá se deparar com a Mula sem cabeça, o Curupira e até mesmo um pesadelo que persegue muitos adultos, aqueles dos tempos de escola.

Documento que conta sobre a lenda do Curupira

Alguns dos documentos encontrados em Pesadelo – Regressão

O grupo Skyjaz Games conseguiu criar um jogo de terror com uma boa diversidade entre os cenários que você visita, provocando sensações e emoções diferentes em cada fase com personagens, situações e quebra-cabeças diferentes.

Pesadelo – Regressão pode ser considerado um jogo não muito fácil, mas também não chega a ser muito difícil, com o tempo você começa a conhecer a forma como o inimigo se comporta e progredir é uma questão de tempo e tentativas que exigem, é claro, muita coragem.

O coveiro de Pesadelo - Regressão

O coveiro (nada amigável), machucado

Em algumas partes a fala dos personagens soava artificial, isso pode ser reparado já no início do jogo quando Alex conversa com o coveiro do cemitério, mas este fato é ofuscado pelo ótimo trabalho realizado com a sonorização dos monstros e aqueles barulhos que entram em sua mente e a destroem.

Grande parte da gameplay envolve coletar itens para sair de onde o protagonista está sem morrer, mas encontrar esses itens requer um processo um tanto quanto mirabolante que as vezes é intensificado pelo ataque de criaturas e até mesmo com um tempo limite.

Fantasma do jogo Pesadelo - Regressão

Os fantasmas também marcam presença no jogo

Outro aspecto que é interessante a destacar é que o jogo somente pode ser salvo se você encontrar uma determinada prancheta e se você tiver o papel para ela, essa função deixa o jogo mais empolgante, você não vai poder salvar a qualquer momento e vai querer errar menos, isso provoca mais tensão e até mesmo desespero em algumas partes.

Se você resolver jogar Pesadelo – Regressão num computador com os requerimentos mínimos necessário do sistema, irá se deparar com longas esperas nas telas de carregamento que felizmente não ocorrem com frequência suficiente para estragar a diversão.

Cena de morte do jogo pesadelo 2

Em resumo, o jogo Pesadelo – Regressão é uma grande representação brasileira no cenário de jogos, se você é amante (ou não) do gênero terror, não deixe de conferir esse jogo.

Pesadelo – Regressão está disponível até o momento apenas para PC e pode ser comprado através da Steam ou da Nuuvem, em ambos os casos o preço é R$ 19,99. Uma versão de PlayStation 4 está nos planos da Skyjaz Games.

Pesadelo – Regressão foi lançado no PC. Análise feita a partir de uma cópia da versão PC cedida pela assessoria de imprensa da Skyjaz Games.

Desde pequena sempre jogou videogame, adora uma boa história, assiste incontáveis animes e seriados, aceita jogar todos estilos de jogos e gosta muito de ler e escrever.
DEIXE UM COMENTÁRIO
ÚLTIMAS ANÁLISES
  • Análise Playerunknown’s Battlegrounds (PlayStation 4)

    O jogo que popularizou o gênero Battle Royale finalmente foi lançado no console da Sony para a alegria dos jogadores da plataforma PlayStation (e da Bluehole, que agora atinge a maior base instalada dessa geração). A criança prodígio do Brendan Greene chegou a tempo ou tarde demais?

  • Análise Crashlands (Nintendo Switch)

    Originalmente lançado para celulares e posteriormente para PC, a versão de Switch desse RPG de ação em tempo real foi desenvolvida para ser controlado em telas de toque e com controle convencional. O que é perfeito para o console híbrido da Nintendo.

  • Análise H1Z1 (PlayStation 4)

    Na recente tendência dos jogos Battle Royale, H1Z1 estreia no Playstation 4 com a pretensão ambiciosa de bater de frente com Fortnite, o gigantesco sucesso da Epic Games.

  • Análise Bloodstained: Curse of The Moon

    Inti Creates teve a tarefa de entregar a prévia do Bloodstained Ritual of The Night e criou um perfeito sucessor do Castlevania original de 1986.

  • SOBRE
    O Conversa de Sofá é um site com notícias, dicas e tutoriais sobre jogos, análises e novidades sobre os últimos lançamentos e cobertura de eventos.
    Asantee Games
    Ethanon Engine
    REDES SOCIAIS