Análise Mario+Rabbids: Sparks of Hope (Nintendo Switch)

Mario+Rabbids: Sparks of Hope entrega outra aventura tática repleta de novos conteúdos, com qualidade acima da média e diversão garantida!

Depois de ter me divertido muito com +Rabbids Kingdom Battle, chegou a hora de contemplar um dos jogos mais aguardados da Nintendo, e sim estamos falando de +Rabbids Sparks of Hope. A sequencia direta de  “Kingdom Battle”, lançado em 2017, chega com e sua turma no Nintendo Switch para mais uma aventura.

Antes desta análise começar, vale mencionar que algo muito curioso em 2017 aconteceu no mundo dos games: Nintendo e Ubisoft tiveram a brilhante ideia de unir as duas de suas marcas mais carismáticas em um único jogo, e o resultado foi +Rabbids: Kingdom Battle, que se tornou popular pela fusão dos personagens em um jogo tático com uma pegada de humor e estratégica em turnos.

Para quem já conhece o game anterior certamente vai estar familiarizado com o +Rabbids, mas quem está conhecendo agora, não vá pensando que o jogo vai te fazer assumir um personagem e sair pelo cenário pulando na cabeça dos inimigos no maior estilo Jumpi’n Run, muito pelo contrário, +Rabbids opera com uma mecânica onde devemos pensar bem antes de agir gradualmente efetuando diferentes variações de ataque, diminuindo cada vez mais a energia do inimigo até que se obtenha a vitória, mas desta vez algo está diferente em +Rabbids Sparks of Hope, e eu vou te explicar os motivos.

Mario+Rabbids: Sparks of Hope
O momentos de paz não duraram muito tempo depois dos eventos de Kingdom Battle e agora a ameaça é maior em +Rabbids Sparks of Hope.

Mamma mia!

Diferente de “Kingdom Battle”, +Rabbids Sparks of Hope possui uma história bem mais profunda e dramática do que seu antecessor. Neste, iniciamos o game com e sua turma comemorando junto com os Rabbids os momentos de tranquilidade no castelo da Princesa Peach logo após os acontecimentos do jogo anterior onde o reino dos cogumelos estava “abandonado” e em perigo, é mentira Mega Dragon Bowser?

Mas desta vez as coisas estão mais sérias e quase toda a galáxia esta ameaçada por uma criatura chamada Calamita que vem causando medo e terror com seus grandes tentáculos e olhos gigantes com a intenção de colocar o universo na mais profunda escuridão.

O poder que a criatura tem lembra um pouco do que vimos próximo ao castelo de Zelda Breath of The Wild, só que no caso de Mario+Rabbids ela espalha essa massa negra chamada de Malumbra em vários mundos prejudicando de forma severa a vida dos habitantes. E a salvação depende exclusivamente de nós, junto com Mario e seus amigos, para colocar as coisas no seu devido lugar mais uma vez.

Calamita
Calamita quer destruir todas as galáxias, será que Mario e seus amigos irão conseguir impedir ?

Quantidade não é qualidade, mas Mario+Rabbids Sparks of Hope prova o contrário.

Mario+Rabbids Sparks of Hope mostra já em seus minutos iniciais como Nintendo e Ubisoft melhoraram consideravelmente o game em todos os aspectos, transformando o jogo muito mais solto, aberto e com mais coisas a serem exploradas, diferente da versão anterior no qual colocavam o jogador em uma pequenas exploração totalmente linear e combates já predefinidos.

Em Sparks of Hope temos uma evolução inicial e não progressiva, tudo o que foi programado para ser melhor não necessita de uma crescente, muito pelo contrário, a grandiosidade do jogo já pode ser notada logo no primeiro minuto onde assumimos de vez o controle, e para quem jogou o game anterior sente isso instantaneamente, e confesso que foi surreal e gratificante ver tamanha evolução em um jogo que poderia ser como o anterior com uma história diferente, mas não, temos realmente uma sequencia digna e não um novo game com cara de DLC.

Mario
Oh No !

E por falar em DLC, acredita que dentro do jogo, fora das missões principais e mais para o lado da exploração existem locais secretos mas que precisam de uma chave ou algum outro tipo de objeto para serem acessados e adivinhem só o que eu me deparei logo no primeiro mundo?

Um cenário que possuí uma mecânica semelhante ao jogo Captain Toad: Treasure Tracker originalmente lançado para o WiiU e depois lançado para o Switch, e sim, essa área secreta se comporta exatamente como em todas as fazes do Captain Toad onde você precisa pensar como pegar as três estrelas em um pequeno cenário, porém cheio de segredos onde devemos girar a câmera para todos os lados afim de descobrir um caminho que levará Toad até a ultima estrela que geralmente fica no topo do cenário.

Em Mario+Rabbids é um pouco diferente, e a mecânica consiste em descobrir como chegar enfrentando batalhas e isso quebra totalmente o modo tradicional do jogo te levando para um outro estilo de gameplay sem perder o sentido, genial!

Mario+Rabbids: Sparks of Hope
Vai dizer que não lembra as fases de Captain Toad ?

Então fãs de Mario+Rabbids, estejam preparados para uma aventura em diversos tipos de planetas junto com um salto de qualidade visual e uma movimentação livre em 360º como vistos em Mario Odyssey, o que faz com que tenhamos bons momentos de exploração pelos cenários.

Quem diria heim,Bowser?

Em Mario+Rabbids os jogadores podiam escolher diversos personagens que tinham permissão para entrar no campo de batalha tático, mas nessa nova aventura o jogo mais uma vez se torna maior do que o antecessor e nesse caso especifico, somos contemplados com novos amigos e companheiros de equipe que querem mostrar suas habilidades individuais, tendo como maior surpresa o Bowser lutando ao seu lado, difícil de acreditar, mas isso é apenas um aperitivo para a vasta quantidade de personagens legais e carismáticos que vão se juntar nessa nova aventura.

Mario+Rabbids: Sparks of Hope
É dois por um !

Mais liberdade para jogar…

Lembra quando falei no inicio da análise que o jogo melhorou em tudo de forma orgânica?

Então tudo que eu falar sobre quaisquer novidade sobre a sequencia de Mario+Rabbids será superior ao game anterior, e dito isso posso citar a jogabilidade na qual não ficamos mais presos como em um tabuleiro de xadrez, desta vez podemos nos mover com mais liberdade no campo de batalha.

Mesmo estes movimentos sendo limitados por questões táticas que fazem parte fundamental da maneira como o game tem que se comportar, ainda sim podemos nos mover mais livremente dentro de um raio e isso deixa as partidas de uma forma geral bem mais dinâmicas ajudando no posicionamento dos personagens de forma mais eficaz quando falamos de estratégia do que o anterior onde tudo soava mais estático e preso, mais um ponto positivo de vários outros já existentes e que ainda estão por vir nesta análise.

Mario+Rabbids: Sparks of Hope - legendas em português
Com a legenda toda em português do Brasil, podemos ver Mario super preparado para causar dano no inimigo em um mundo repleto de neve.

Podemos melhorar qualquer coisa se houver espaguete envolvido!

Além das qualidades citadas acima, Mario+Rabbids Sparks of Hope traz novas funções para nos ajudar a se manter vivo durante as batalhas, e eu estou falando dos Sparks, umas criaturinhas fofas que trazem uma grande gama de habilidades para os duelos. Ok, mas o que o jogador ganha com isso?

Eu te respondo de forma simples e direta, o jogador ganha inúmeras opções de ataque e defesa no qual não fará com que você fique entediado rapidamente.

Itens
E é ai que você pode comprar e vender itens para ajudar no campo de batalha.

Okey-dokey, temos legenda em PT-BR!

Segura mais um ponto positivo, Mario+Rabbids: Sparks of Hope é totalmente traduzido em português do Brasil, diferente do jogo anterior que não possuí a legenda para a nossa língua nativa, e isso é o que todos os usuários do console hibrido da Big N querem em seus jogos.

E visto que os jogadores de Nintendo Switch abrange todas as idades, a legenda em Sparks of Hope é primordial para a galerinha mais jovem, pois as legendas vão ajudar bastante a descobrir as coisas de maneira mais precisa do que passarem horas e horas tentando descobrir o que tem que ser feito, visto que o game possui muitas coisas a serem descobertas e quem avisa sobre elas são os personagens espalhados pelos mundos.

Então é de se comemorar muito, mesmo tendo certeza que o trabalho de legenda tenha partido da Ubisoft, isso não importa no momento.

Mario+Rabbids: Sparks of Hope
Mario finalizando uma das missões principais de Mario+Rabbids: Sparks of Hope.

Performance

Um ponto a ser mencionado é que pela primeira vez eu senti o meu Nintendo Switch esquentar de uma maneira diferente de jogos anteriores.

Joguei Mario Odyssey que é um game de mundo aberto com bastante informações no cenário e não lembro de ter reparado esse mesmo aquecimento com Mario+Rabbids: Sparks of Hope, mas não se espante pois o game mesmo com pequenas quedas de framerate funciona perfeitamente sem impactar em momento algum em sua gameplay, então leve isso apenas como uma observação e não como ponto negativo, certo?

Spark
Olha, um Spark !

Planejar e melhorar sua equipe é fundamental !

Quando pressionamos o botão “Y” entramos em uma tela com quatro abas que se dividem entre Heróis, Equipe, Sparks e Itens que funcionam da seguinte maneira:

Heróis – Conseguimos visualizar a árvore de habilidade dos nossos personagens e para dar melhorar cada um deles, precisamos dos chamados “prismas de habilidades” que podem ser distribuídos para melhoria da vida, movimento, arma e técnica. E nessa aba também podemos ter a informação de cada herói, mostrando suas estatísticas e habilidades individuais e também ver de pertinho o visual das armas que desbloqueamos ao longo da aventura.

Equipe – Mostra os personagens ativos para a batalha incluindo o seu PV, que nada mais é do que a quantidade de dano que aquele determinado personagem pode suportar logo em baixo o seu nível, e os personagens a disposição para entrar no grupo a qualquer momento. Tudo bem simples e fácil de entender.

Sparks – Mostra os Sparks que encontramos durante a aventura separando os que fazem parte da equipe e os que estão como reserva e podem ser ativados dependendo de como o combate se desenvolve, lembrando que cada um deles possuem características diferentes, como por exemplo o Spark “VÉSPER” que ajuda os nossos personagens a causar mais danos no inimigo desde que este esteja dentro do mesmo alcance e não tão afastados uns dos outros, Spark “EXOSFERA” auxilia os aliados que estão dentro do alcance a receber -45% de dano do inimigo, incluindo superefeitos e outros diversos Sparks que você pode encontrar na jornada e cada um deles em dado momento pode te ajudar na hora certa.

Itens – Como o nome mesmo já diz, mostra os itens que você adquire enquanto joga e eles podem ser cogumelos no qual recuperam a sua vitalidade em 30%, o famoso bloco POW do Super Mario que emite uma onda de choque quando arremessado e causa dano mesmo que o inimigo esteja atrás de uma proteção e itens que podem ser comprados para desbloquear áreas secretas e dentre outras…

Mario+Rabbids: Sparks of Hope
E é ai que você vai gerir sua equipe, e melhorar as habilidades dos seus personagens de acordo com o que o combate propõe.

Conclusão

Mario+Rabbids: Sparks of Hope superou as expectativas e elevou a sequencia a um nível de excelência exemplar digno de como deve ser uma continuação direta.

Em momento algum Sparks of Hope permanece igual ou genérico ou feito apenas para lucrar em cima do consumidor que compra o produto, muito pelo contrário, é possível sentir que os desenvolvedores não só conservaram o game como também trataram de construir a continuação com um mix de carinho, capricho, novidades orgânicas e inovações na jogabilidade.

A história mesmo que de certa forma levada para o lado infantil, consegue atingir um nível decente se comparado ao antecessor, a temática dos diversos mundos que os jogadores encontrarão pelo caminho em momento algum da a sensação de ser algo repetitivo ou mais do mesmo, na verdade. Sparks of Hope eleva a diversão de um modo fofo como de costume e com uma pitada de humor na medida certa.

Mesmo sabendo que Mario+Rabbids é focado para um grupo específico de jogadores, ou seja, que gostam de se aventurar em jogos táticos, ainda sim ele pode ser uma experiência bastante agradável para outros públicos.

Vale lembrar, que caso você não tenha jogado o anterior, a essência do antigo game ainda está presente só que de uma maneira totalmente melhorada como eu já havia mencionado anteriormente e para os jogadores que já se aventuraram antes em “Kingdom Battle” vão se deparar com algo realmente novo no qual em momento nenhum você vai pensar em ter gasto o seu dinheiro atoa com uma sequencia caça-níquel.

É uma diferença bastante significativa, que vale a pena tanto para o novo publico, e principalmente para os que jogaram e gostaram do primeiro game.

Esses com certeza terão uma surpresa bastante satisfatória e digo mais, Mario+Rabbids: Sparks of Hope pode ter o poder de fazer novos jogadores ficarem tentados a comprar o primeiro jogo da franquia mesmo que o atual seja melhor em tudo, acredito que ele seja capaz de levar a galerinha que está experimentando o jogo pela primeira vez, zerar e ir procurar Mario+Rabbids: Sparks of Hope na loja da Nintendo. Pode ser um pouco de ousadia da minha parte, até pode, mas já vi isso acontecer e Sparks of Hope é um game que tem potencial para isso.

Os elogios não são por pelo motivo de gostar de tudo que envolva o Mario, mas sim de percepção quando algo é feito com esmero e que a fusão de Mario+Rabbids veio para ficar, assim como vários outros games deram certo e fizeram sucesso como Mario Party, Super Smash Bros, Mario Kart e outros dentro do universo Mario.

Então meu amigo, se você chegou até o fim desta análise e estava com alguma dúvida sobre o game, te recomendo ir depressa adquirir o jogo e correr para o campo de batalha, usar suas táticas e ajudar Mario e os Rabbids a vencer esta ameaça!


A análise de Mario+Rabbids: Sparks of Hope foi escrita com base em uma cópia de Nintendo Switch gentilmente cedida pela assessoria de imprensa do jogo.