Análise Street Power Football (PS4)

Com uma boa ideia mas uma execução que deixa a desejar, Street Power Football traz o conceito de futebol Freestyle ao que poderia ser um bom jogo para os saudosos de FIFA Street.

é um jogo cartunesco de futebol com uma proposta totalmente arcade, das desenvolvedoras SFL Interactive e Gamajun, e publicado pela Maximum Games, foi lançado nesta terça-feira (25) nos consoles custando R$ 207,45 e custando R$ 129,99.

Street Power não deve ser comprado por ninguém, não pelo preço atual. Eu poderia encerrar aqui a review e ela já seria melhor desenvolvida e mais satisfatória do que o jogo. Mas, vamos lá. Vamos escrever alguns parágrafos para lhe mostrar o quão ruim é Street Power Football.

Street Power Football é um jogo que busca trazer o mundo do Futebol Freestyle, para os games, uma variante do futebol em que um jogador realiza manobras com uma bola ou a equilibra em várias as partes do corpo. E para o fazer, prefere apostar numa gameplay mais lúdica e arcade, para representar a modalidade. Não focando no realismo, mas sim na percepção que as pessoas tem do Freestyle, malabares que desafiam as leis da física, gráficos caricaturescos e coloridos, e um sentimento de que é possível se fazer tudo, apenas com uma bola nos pés. O problema é que toda essa percepção é destruída por uma física mal feita, modos de jogo vazios, um sistema de dribles simplista e animações completamente duras e sem personalidade.

Vamos começar pelas qualidades do jogo. Os gráficos são bem coloridos, e trazem representações caricaturescas de atletas reais do mundo do Futebol Freestyle. Ainda lhe dando a opção de customizar cada um deles, com algumas roupas e acessórios variados. As quadras também seguem esse estilo, sendo versões estilizadas de locais reais do mundo, contando com plateias que interagem aos acontecimentos das partidas. Apesar disso, parecem já estar um pouco datados, lembrando alguns jogos do início da era do e 360.

O jogo também parece ter acertado na hora de escolher os modos para representar, a variedade é grande, e representa de uma forma muito boa, o esporte no qual é baseado. Tendo de partidas 3×3, até competições focadas apenas em ver quem consegue fazer os malabarismos mais incríveis com a bola. O problema, é que a gameplay de cada um desses modos, é completamente quebrada, e não me proporcionou nada de diversão.

A gameplay de Street Power Football é o seu próprio caixão. Antes de começar a controlar o jogo, você até tem a impressão de que terá uma experiência divertida, mas quando a bola começa a rolar, a realidade toma conta dos seus sentidos, e você percebe que nada ali funciona direito. A física da bola é robótica, te dando a impressão de que a bola não flui livremente pela quadra, mas que existem trilhos que a levam de ponto à ponto. Os dribles são travados, tanto nos controles, quanto nas animações. Fazendo com que a ideia de você ser um Freestyler, que faz da bola uma extensão do próprio corpo, seja completamente perdida.

O modo “Freestyle”, é na verdade um jogo de ritmo, no estilo de um da vida, só que com sérias restrições orçamentárias, e com um controle extremamente confuso. No modo “Panna” (caneta, pra nós brasileiros), você e seu adversário devem realizar combos em um certo limite de tempo, e quem acertar mais, no menor tempo, vence. Conseguindo dar uma “Caneta” no outro. A ideia por si só, já é ruim, mas o jogo ainda a estraga mais, com um sistema de detecção de controles ruim, que as vezes registra, e as vezes não, os seus movimentos, me dizendo que eu errei o combo, quando claramente o tinha acertado.

Temos também o modo “Tricky Shot”, onde você deve mirar com uma seta em alguns objetos, e os acertá-los com a força e altura certa, para os derrubar, ou para acertar a bola dentro dos mesmos. Esse é o modo que tem menos problemas técnicos, mas é também, o modo mais tedioso e sem inspiração, não tendo muita variedade e nem desafio.

Pra encerrar, temos o modo “Become King”, que é uma combinação de todos os modos já citados. Nele você deve passar por esses desafios para se tornar o Rei das Ruas, e mostrar para todos que domina todos os estilos de Freestyle. Mas pelo que você já leu antes, dá pra perceber que esse não é um título que deva desejar.

Street Power Football é a prova de que uma boa ideia, não é nada sem uma boa execução. O jogo está disponível para Xbox One, PS4, PC e .

A análise de Street Power Football foi escrita com base em uma cópia de PlayStation 4 gentilmente cedida pela assessoria de imprensa do jogo.


Nós do Conversa de Sofá acreditamos que o videogames são uma mídia poderosa e revolucionária e que somos muito privilegiados em poder ter acesso a essas obras desenvolvidas por pessoas talentosas do mundo todo. Por isso, nesta época em que somos ameaçados pelo fique em casa e aproveite a oportunidade para jogar muito. Ficando em casa você não só pode apreciar os melhores jogos como também pode contribuir para que possamos voltar à nossa rotina o mais rápido possível, além de salvar vidas.

Jean Thomaz
Jogo muito FIFA e sempre olho o lado positivo da morte.