BGS 2019 – Marvel’s Avengers faz você se divertir muito

Jogamos e curtimos Marvel’s Avengers durante a Brasil Game Show 2019, o que será que nos agradou?

Com o sucesso do universo cinematográfico da , vou dizer a verdade, eu estava no hype para ver o trailer deste jogo dos . Durante a E3, o trailer é finalmente liberado, e para mim foi meio que decepcionante, na hora pensei que seria mais um jogo genérico e sem graça que só usaria os heróis que tanto gostamos para vender mais.

Chega a 2019 e uma demonstração do game estava jogável no estande da PlayStation, eu com a maior curiosidade e com um pé atrás resolvo testar, fui surpreendido e até me diverti com o Marvel’s . Jogamos com cinco personagens nesta demo, , , , e Viúva Negra, todos com diferentes estilos e especiais muito legais, e assim você não enjoa como em qualquer jogo genérico. Vale ressaltar que os personagens contam com finalizações durante a luta e alguns Quick Time Events que cabe a nós apertamos o botão correto na hora certa, para utilizarmos um ataque ou outra ação.

Em relação aos gráficos, não curti muito, mas com certeza estará melhor na versão final, então esperemos um bom polimento por parte das desenvolvedoras. Agora vamos falar um pouco da demo.

A demonstração inicia com os vingadores lutando contra o Lutador e seus capangas, na Golden Gate Bridge, em São Francisco, no que era para ser um evento de homenagens aos heróis.
Começamos jogando com o Thor, deus do trovão, e já de cara, podemos perceber que ele é muito forte, com seus ataques com raios, derrotar os inimigos era muito fácil, além disso era possível arremessar o Mjölnir para dar dano à distância ou trancar o inimigo em uma parede, por exemplo.

Depois assumimos o Homem de Ferro, onde voamos em uma perseguição aos inimigos, onde devemos derruba-los com ataques de laser, em seguida, vem a luta, na qual podemos lutar normalmente ou voar em uma altura razoável e atirar com laser lá de cima, e nessa parte é necessário destruir torretas enquanto enfrenta vários inimigos.

Agora é a vez do Hulk, o monstro verde não tem limites, durante o combate é possível pegar um inimigo e usa-lo tanto como arma para bater nos outros quanto como algo para arremessar, com isso acabei jogando diversos inimigos para fora da ponte. Os inimigos do Hulk já são diferentes, para mostrar a força do personagem, tanques de guerra aparecem para serem detonados por ele.

Na parte da gameplay em que precisamos correr, passamos por cima de tudo, destruindo qualquer coisa, um verdadeiro monstro, e nas partes que a ponte está destruída, podemos nos pendurar em partes verticais para pegar impulso ou se pendurar para prosseguir no caminho, só cuidado para não cair, aconteceu uma vez comigo.

E pronto, a demonstração nos leva a jogar com o Capitão América, que não está na ponte junto à seus companheiros, e sim em uma nave, onde deve chegar à sala de comandos para desativar os reatores, que estavam trabalhando errado e poderiam explodir a cidade. A gameplay com o Capitão é a mais normal de todas mas não deixa a desejar. Nela temos uma maior dificuldade durante as lutas, primeiro é necessário quebrar os escudos, para depois sim bater nos inimigos, arremessar o escudo característico do personagem é algo sensacional, além de poder usa-lo para se defender.

E por último mas não menos importante, jogamos com a Viúva Negra. A gameplay volta para a ponte, onde perseguimos o Lutador, que está usando um jetpack. Temos de passar correndo pelos obstáculos e alcança-lo para tomar o controle remoto que pode desativar os reatores. Acabamos subindo nas costas do vilão e batendo nele, até cairmos. Nesta parte, usarmos pistolas para dar dano, o objetivo é desviar dos golpes e atirar nas costas dele.

Com a quebra do jetpack do Lutador, torna-se uma luta normal, tendo novamente que desviar dos ataques e contra atacar com golpes de cassetete, armas utilizadas pela heroína. Lembrando que nesta hora o jogador tem um chicote, no qual o ajuda a se aproximar do Lutador mais rapidamente, melhorando a gameplay. No encerramento da luta, descobrimos que a Viúva Negra pode ficar invisível, e assim fica fácil derrotar o vilão e tomar o controle remoto dele, só que de nada adiantou, pois os Vingadores foram enganados.

No final, a nave onde estava o Capitão América explode e a cidade entra em colapso, mostrando que os Vingadores acabaram falhando. Este deve ser o prólogo do jogo, depois disso a população fica se perguntando se os Vingadores são ou não uma ameaça. E outra coisa, será que o Capitão América morreu mesmo? Provavelmente não. Agora é esperar o lançamento do game pois a vontade de terminar a história e a minha curiosidade estão me matando.

Marvel’s Avengers será lançado em 15 de maio de 2020 para PlayStation 4, , e .

Elton Calegari
Yare Yare